ONDE PRATICAR

ONDE PRATICAR
Clique na imagem e conheça os Nucleos da Moy Yat Ving Tsun no Rio

Wednesday, March 18, 2009

MOGUN ALL STARS: ENTREVISTA COM DIEGO GUADELUPE(INTERVIEW WITH DIEGO GUADELUPE)



O BLOG AINDA SERÁ EM PORTUGUÊS E INGLÊS, MAS AS TRADUÇÕES SERÃO FEITAS SEMPRE ATÉ 2 DIAS DEPOIS!

THE BLOG STILL WILL BE IN PORTUGUESE AND ENGLISH, BUT THE TRANSLATIONS WILL BE DONE ALWAYS 2 DAYS AFTER THE POST!


Texto (Text) : Thiago Pereira "Moy Fat Lei"(12G VT)
Membro da Família Moy Jo Lei Ou
Member of Moy Jo Lei Ou Family






Tradução (Translation) : Carlos Antunes "Moy Shan Si"(12GVT)
Membro da Família Moy Jo Lei Ou
Member of Moy Jo Lei Ou Family























-->
Com muito orgulho, trazemos até vocês mais uma entrevista com um dos membros mais antigos em atividade na Moy Yat Ving Tsun Rio de Janeiro: Diego Guadelupe.

Conheça um pouco mais sobre este grande praticante e suas incríveis histórias!
-->
-->

MO GUN ALL STARS ENTREVISTA:
SI SOK DIEGO GUADELUPE

Mogun All Stars Interview:
Si Sok Diego Guadelupe


Blog do Pereira: Por favor, nos fale um pouco sobre você: nome, idade, formação...

Si Sok Diego: Meu nome é Diego da Costa Guadelupe e em 2004 recebi meu nome kung fu Moy Ga Dai Lap ,nasci no dia 29 de maio e hoje tenho 27 anos. Em 2007 conclui o curso de Gravura da Escola de Belas Artes do Rio de Janeiro(UFRJ).

-->
Peartree’s Blog: Please, tell us about yourself: name, age, interest areas...

Si Sok Diego: My name is Diego da Costa Guadelupe and in 2004 I earned the kung fu name Moy Ga Dai Lap. I was born in May 29th and I’m 27. In 2007 I finished the Printmaking Course at Fine Arts School in Rio de Janeiro’s Federal University.

Blog do Pereira: Você praticou Jiu Jitsu antes do Ving Tsun por 4 anos não é?

Si Sok Diego: Fat Lei, fazia tempo que não pensava nisso, mais acredito que tenha sido um pouco mais pois comecei a treinar eu tinha 11 ou 12 anos, eu me lembro claramente que até os 16 eu praticava regularmente e depois fiquei um período sem treinar retornei a praticar 1 ano e meio depois e fiquei treinando quase 1 ano. Então acredito que minha experiência tenha sido um pouco mais do que 4 anos.

-->
Peartree’s Blog: You’ve practiced Brazilian Jiu Jitsu for 4 years before starting Ving Tsun, didn’t you?

Si Sok Diego: It’s been a long time since I last though about that but I remember training for more than 4 years. When I started I was 11 or 12, and kept on training untill 16 years old. After a pause, I ended up returning a year and a half later, but stayed for only a year. I strongly believe that this experince lasted for more than 4 years.



Blog do Pereira: Já faz um tempo, com o surgimento do MMA(mixed martial arts), que
ouvimos falar que o "Lutador completo" tem que saber um pouco de
tudo:chão e luta em pé. Com a sua experiência, o que você pode nos
dizer sobre esta afirmação?

Si Sok Diego: Honestamente eu não me considero um cara muito experiente para definir ou qualificar um “lutador completo”, mais hoje eu acredito que existem outras questões tão importantes ou até mais do que uma vivência corporal de combate no solo ou em pé para preparar uma pessoa para este tipo de situação, por exemplo, o aspecto emocional para mim é o grande diferencial.
Em relação ao MMA, eu não sou grande conhecedor, mais na minha opinião eu enxergo como um esporte, e como toda modalidade esportiva somente o aspecto técnico específico não é o suficiente para definir resultados positivos, há a necessidade de um preparo físico especial, uma alimentação adequada e controlada, um treinamento muscular, o acompanhamento psicológico e o conhecimento de regras e equipamentos. Então na minha opinião existe uma série de fatores que definiriam melhor o termo.

-->
Peartree’s Blog: It’s been some time, since the Mixed Martial Arts (MMA) development, that we hear that the “Complete Fighter” must know a bit of everything: standing fight and ground fight. With your experince, what can you tell us about this afirmative?
Si Sok Diego: Honestly, I don’t consider myself experienced enough in order to describe or qualify a “Complete Fighter”, today I believe that there are others subjects that may be as important as corporal experience in fighting standing or in the ground. For me, one of the most important aspects is the Emotional.
I’m not a MMA especialist, in my opinion it’s a sport and like every sport the technical aspect is not enough to guarantee positive results. They need physical training, controled feeding and specific muscle training, psychiatric supervision and the knowledge about the rules and equipment. I think there are several relevant factors in order to define the best fighter.



Blog do Pereira: Certa vez você disse a um de seus Si dai (irmão kung fu mais novo)
que ele não estava no Mo gun para ser um lutador, mas sim para ser um
estrategista. Você se considera um lutador ou um estrategista?

Si Sok Diego: Rs.. é verdade eu comentei isso sim uma vez... Bom pra falar a verdade eu não me considero um lutador, acho que nunca me considerei....
E também estou muito longe de ser um estrategista, mais acredito que o Ving Tsun tem sido uma excelente ferramenta para desenvolver o pensamento estratégico!!
Portanto Fat Lei, em meu coração eu me considero apenas um praticante de Ving Tsun.

-->
Peartree’s Blog: You said to one of your Si Dai (younger kung fu brother) that he trained in order to become a strategist, not a fighter. Do you consider yourself a fighter or a strategist?

Si Sok Diego: Hehe, I said that once! The truth is that I’ve never considered myself a fighter.
I’m also far away from becoming a strategist, but I do believe that Ving Tsun is na excelent tool for developing “strategic thinking”. So, from my heart, I consider myself a Ving Tsun practitioner.


Blog do Pereira: A visão da maioria das pessoas, é que as artes marciais só podem
transformá-las em lutadores, só servem para defesa pessoal. Como você
acha que poderia surgir um estrategista ao invés de um mero lutador,
através de uma prática marcial?

Si Sok Diego:Fat Lei, está é uma excelente pergunta, na minha opinião é muito perigoso você falar em defesa pessoal, ou oferecer a certeza de que estará preparado para determinadas situações. O que eu venho aprendendo com o Ving Tsun e com meu Si Fu, é simplesmente desenvolver a minha habilidade de avaliar inicialmente as situações, buscando assim perceber melhor o ambiente e as pessoas que me cercam e com base nisso tomar as minhas decisões, sempre estando sensível às mudanças visíveis e invisíveis de cada situação. Pensando sobre isso eu acredito que esteja desenvolvendo a minha habilidade estratégica.
E o grande diferencial deste processo de aprendizado é que usamos o corpo para isso, através de dispositivos corporais de combate simbólico.

-->
Peartree’s Blog: People usually think that martial arts are useful only to create fighters, only for self-defense. How do you think one can achieve becoming a strategist by martial practice?

Si Sok Diego: That’s na excelent question, in my opinion, talking about self-defense or becoming assured that you are prepared to face some situations is very dangerous. What I have been learning in Ving Tsun and with my Si Fu, is to simply develop my abilities in order to pre-analyse situations, trying to percieve the scenario and the people that surrounds me in order to base my decisions, always mindful of any change, visible or not. Thinking about that, I believe to be developing my strategic abilities. The special part, is that we use our bodies in order to learn.

Blog do Pereira: Quando você começou com a prática do Ving Tsun?

Si Sok Diego: Foi em 25 de novembro de 2000, quando meu Si Fu (Mestre Leo Imamura) me admitiu formalmente na família Moy Yat Sang . Eu tinha 19 anos na época.

-->
Peartree’s Blog: When did you start practicing Ving Tsun?

Si Sok Diego: It happened in november 25 in 2000, when my Si Fu (Master Leo Imamura) formally accepted me in Moy Yat Sang family. I was 19 by that time.


Si Taai Po Helen Moy, explica para Si Sok Diego muitas coisas sobre seu "nome kung fu"(Moy Ga Dai Lap)numa foto histórica.

-->
Si Taai Po Helen Moy, explains to Si Sok Diego many aspects of his "kung fu name" (Moy Ga Dai Lap) in a historical picture.

Blog do Pereira: Você já conhecia esta arte ou foi por acaso?

Si Sok Diego: Eu nunca havia ouvido falar de Ving Tsun, realmente não conhecia, pra ser sincero eu tinha uma certa desconfiança sobre estilos de Kung Fu, eu conhecia muito pouco na época e tinha acesso somente ao que via nos filmes. E tudo que eu vi eu achava um pouco fantasioso demais e acrobático ao extremo.
Então no ano de 2000 aconteceram algumas coisas comigo, que me motivaram a retomar a pratica de uma arte marcial, então eu fui procurar diversos estilos, para ver qual que eu me identificava, e acabei dentro dessa busca rompendo com esse antigo preconceito e fui pesquisar também sobre estilos de Kung Fu.
Então em uma festa por acaso encontrei um amigo (Alexandre) que eu já sabia que praticava outro estilo de Kung Fu. No meio da festa comentei com ele que tinha lido sobre Ving Tsun e perguntei se conhecia alguma escola. E surpreendentemente ele me disse que havia uma escola próxima onde eu moro, e felizmente essa escola acabou virando a minha casa.

-->
Peartree’s Blog: You knew about this Ving Tsun before, or was it at random?

Si Sok Diego: I had never heard of it. I doubted some kung fu styles because I though them to be over-acrobatic, but all I knew came from movies. So, by year 2000, things happened to me that led me to practice a martial art. I started looking for something that I could identify myself with. I gave up on my old prejudice and start looking for some kung fu style. One day, at a party I met an old friend (Alexandre) who practiced a kung fu style, I told him I had done some research on Ving Tsun Kung Fu and asked him about Ving Tsun school locations. Surprinsingly he told me that there was a Ving Tsun school next to my house, luckily this school became my home.


Blog do Pereira: No Clã Moy Yat Sang,o conceito de Família Kung Fu é muito
importante. Pra você que vinha de outra arte marcial, na época foi
difícil se adaptar a este conceito e a outros como "Vida Kung Fu"(Sam
Faat) ou zelo?

-->
Peartree’s Blog: In Moy Yat Sang Clan, the notion of Kung Fu family is really important. Coming from another martial art, was it hard for you to embrace this concept and others like Kung Fu Life (Sam Faat) ou caring?

Em um momento de Vida Kung Fu, Si Sok brinca com Si Baak Gung Pete Pajil, Mestre que atua na Philadelphia(EUA) e praticamente uma lenda viva no Clã Moy Yat. Si Hing de Si Gung Leo Imamura, é também um de seus melhores amigos. Si Sok Diego tem um ótimo relacionamento com ele.

-->
In a Kung Fu life moment, Si Sok plays with Si Baak Gung Pete Pajil, Master in Philadelphia (USA) and a living legend in Moy Yat Clan. Si Gung Leo Imamura’s Si Hing and one of his best friends. Si Sok Diego mantains a nice friendship with him.
Si Sok Diego:Objetivamente falando eu nunca tinha vivenciado nada disso.
Eu acho que entender o significado da Família Kung Fu foi o mais difícil para mim, quando você é novato o seu referencial é muito externo, e ao longo dos anos comecei a buscar a minha forma de enxergar a Família Kung Fu e hoje o sentimento que tenho é muito especial, principalmente porque eu o encontrei dentro de mim..

-->
Si Sok Diego: I had never seen anything like that. Understanding the meaning of Kung Fu family was the hardest part, when you are a beginner you have an external referential, throughout the years, I started looking for my own meaning for Kung Fu family and today I carry a special feeling, because I found it inside myself.



Blog do Pereira: Sabemos que durante determinado período você auxiliou o Mestre
Fabio Gomes no treinamento de forças especiais. Você pode dizer que
esquadrão era?

Si Sok Diego:Foi um período bem bacana onde pude ajudar meu Si Hing Fabio Gomes (Moy Gam Si). Fizemos um trabalho junto ao Centro de Instruções de Operações Especiais (COMANDOS e FORÇAS ESPECIAIS) e com o Batalhão de Infantaria da Aeronáutica Especial do Galeão.

-->
Peartree’s Blog: We know that you helper Master Fabio Gomes in training the Special Forces. Could you tell us in which squad?

Si Sok Diego: It was a nice time, when I could help my Si Hing Fabio Gomes (Moy Gam Si). We did a nice work with the Special Operations Instruction Center (COMANDOS and SPECIAL FORCES) and with the Air Force Infantry Battallion, in Galeão Airport.



Blog do Pereira: Quantos anos você tinha na época?

Si Sok Diego: Eu tinha 23 anos.

-->
Peartree’s Blog: How old were you?

Si Sok Diego: 23 years old.



Blog do Pereira: Você participava ativamente destes treinamentos?

Si Sok Diego: Sim.

-->
Peartree’s Blog: You had an active part in those trainings?

Si Sok Diego: Yes.



Blog do Pereira: Pela sua idade, sofreu algum tipo de descrença na sua capacidade
por parte da tropa durante os treinamentos?

Si Sok Diego: Diretamente não, mais às vezes eu sentia uma certa desconfiança, o que hoje eu vejo como uma atitude totalmente compreensível.
Mais eu me lembro também que na época eu me sentia preparado, principalmente pelo meu treinamento dentro do sistema Ving Tsun e também por ter acompanhado diversos trabalhos similares realizados pela nossa Família ao longo dos anos.
Porém não tenho dúvida que as orientações do Si Fu e de vários dos meus Si Hing em especial Julio Camacho e Nataniel Rosa e as reuniões com Fabio Gomes foram determinantes para essa atividade.

!--[if gte mso 9]> Normal 0 21 MicrosoftInternetExplorer4 <![endif]-->
-->
Blog do Pereira: Considering your young age, were you underestimated during trainings?

Si Sok Diego: Not directly. But sometimes I could feel them doubting me. Comprehemsible though. But I remember that I felt well prepared thanks to my training of the Ving Tsun System and I had already done some similar works with our Family through the years.
I have no doubts that the tips given by my Si Fu and by my Si Hings, specially Julio Camacho and Nataniel Rosa, and the meetings attended with Fabio Gomes were crucial for the success of that activity.
Si Sok Diego e Si Baak Nataniel Rosa.
Si Baak Nataniel, é o Mestre responsável pela MYVT em Brasília. Suas habilidades impressionantes são realmente um ponto de referência para os praticantes, mas elas só não superam sua gentileza ao se dirigir a qualquer pessoa.
-->
Si Sok Diego and Si Baak Nataniel Rosa.
Si Baak Nataniel, is the master responsible for MYVT in Brasilia(Brazil´s capital). His impressive abilities make a model for others practitioners. Greater than his abilities, is his kindness in dealing with anyone.


Blog do Pereira: Lembra de algum treinamento mais marcante desta época?

Si Sok Diego: Todos eram marcantes, porém eu lembro de um que nós fizemos a preparação de um grupo reduzido para uma apresentação junto aos oficiais de comando.
Para todos foi uma experiência bem intensa fisicamente e psicologicamente, Ah! vale dizer que a apresentação foi um sucesso!!

-->
Peartree’s Blog: Do you remember some remarkable training done by that time?

Si Sok Diego: Every single training session was remarkable, but I do remember that we did some special preparations in order to create a small group that was to show Ving Tsun to the commanding officers. It was an intense experience for everyone, both physical and psychological. By the way, the show was a success!



Blog do Pereira: Desde muito cedo diferente de outros praticantes, você se
interessou por coordenar sessões e outras práticas e atividades no
Mo gun, tem alguma razão especial pra isso?

Si Sok Diego: Fat Lei, eu lembro que na época tínhamos um grupo que sempre viajava para os seminários e eventos de nossa família. Então desde muito cedo eu tive contato com outros praticantes e com os tutores de nossa família. Eu me lembro que me impressionava muito a habilidade deles e então decidi que se quisesse ser “bom” que nem eles eu deveria estudar e vivenciar o sistema Ving Tsun intensamente como eles!! Então a razão é que eu percebi que atuar diretamente na transmissão poderia ser um caminho de conhecer melhor o Sistema Ving Tsun.

-->
Peartree’s Blog: Since yout beginning, you always tried to coordenate training sessions and other activities done in the Mo Gun, any special reason for that?

Si Sok Diego: I remember that we had a group that alwayes traveled to our family’s every seminar and event. So, since the very beginning I’ve been in touch with other practitioners and with our family’s tutors. I remember that their abilities impressed me, so I decided that in order to have a good kung fu I should study and live the Ving Tsun System like them! So, I noticed that tutoring could be a nice way of knowing more about the Ving Tsun System.
No Ving Tsun existe um Kuen Kuit (ou mal traduzindo "ditado") que diz: "Gwan Mo Leun Heung" : Algo parecido com "Dois bastões um som". Para treinos mais didáticos no Luk Din Bun Gwan, porém sem perder o contato e a energia total no disparo, adaptamos os bastões como se vê na foto.
Si SoK Diego recebe instruções de seu Si Fu, observado por Si Sok Seabra ao fundo.
-->
In Ving Tsun there is a Kuen Kuit (something like a saying) that says: "Gwan Mo Leun Heung". Something like, “Two poles, one sound”. At initial trainings of the Luk Din Bun Gwan, the poles are modified in order to protect the practitioner, as shown in the picture.
-->Si SoK Diego is instructed by his Si Fu, being observed by Si Sok Seabra.


Blog do Pereira: Ainda no assunto de coordenação, hoje você é o coordenador oficial
das Cerimônias Tradicionais da MYVT no Rio de Janeiro não é?

Si Sok Diego: A verdade é que estou à frente sim da organização de diversas cerimônias, mais não me considero o coordenado oficial da MYVT no Rio de Janeiro. Atuo bastante em todas que nosso núcleo realiza e é claro que conto com a ajuda de toda a família pra coordenar.

link rel="File-List" href="file:///C:%5CDOCUME%7E1%5CKINKOLA%5CCONFIG%7E1%5CTemp%5Cmsohtml1%5C01%5Cclip_filelist.xml">
-->
Peartree’s Blog: Nowadays, you are the person responsible for organizing the Traditional Cerimonies at MYVT-RIO, isn’t you?

Si Sok Diego: I may organize some Cerimonies, but I don’t consider myself the one responsible for it. I try to help in every one, and of course, the family is always there to help me.



Blog do Pereira: Todos conhecem os famosos "exames de faixa", mas Cerimônia
Tradicional tem um conceito bem diferente não é verdade? Poderia nos
dizer um pouco como funciona e qual sua importância ?

Si Sok Diego: O conceito de “exames de faixa” que conheço é o de realizar algo em um determinado momento e depois ser avaliado, caso seja positivo você evolui na sua graduação. Caso seja isso, o conceito é bem diferente.
A cerimônia Tradicional do Clã Moy Yat Sang, tem como objetivo identificar os descendentes LEGITIMOS de Grão Mestre Moy Yat , de tornar pública sua condição como membro da Família e de legitimar seu acesso a um dos 6 domínios do Sistema Ving Tsun.
Então podemos entender que a cerimônia é uma constatação de uma condição já alcançada pelo membro ativo da MYVTMI valorizando assim mais o seu processo e menos a sua ação em um determinado local e hora. Como todos os membros são avaliados individualmente e semanalmente e cada um possui seu acesso ao sistema de forma personalizada é possível garantir na Cerimônia a qualidade e a preparação adequada para avançar nos estudos do Sistema Ving Tsun.
-->
Peartree’s Blog: We all know about the “Martial Arts Level Exams”, but a Traditional Cerimony means something different, doesn’t it? Could you tell us a little about it’s importance and how it works?

Si Sok Diego: The concept of “Level Exams” that I know is the one where you show something at a certain moment, and depending on the result, you may earn a higher degree. If you’re talking about that, the Cerimony is a completely different thing.Moy Yat Sang Clan’s Traditional Cerimony has the objective of identifying all Rightfuls descendants of Grand Master Moy Yat, by making public your condition as a family member, granting you the access to one of Ving Tsun System domains.So, we can deduce that the Cerimony is merely a way of starting your condition as an active member of MYVTMI. The important part is the process, not the action in a certain place and hour. Every member is checked personalized and weekely, and everyone have na Access into to the system in a personalized way, so, this way, is possible to garantee quality and the right preparation in the Ceremony to advance trough the system levels.


Blog do Pereira:Si sok, você é discípulo de Mestre Leo Imamura desde 2004,e como no
nosso Clã o papel de um Sifu tem mais peso do que a simples palavra
"mestre" poderia contemplar, poderia nos dizer um pouco sobre o que
representa o seu Sifu em sua vida desde que você começou?

Si Sok Diego: Ele é um dos pilares importantes da minha vida, ele é a minha referência, meu mestre , e em meu coração o considero como um pai.

-->
Peartree’s Blog: Si Sok, you’re disciple of Master Leo Imamura since 2004. In our Clan, the title “Si Fu” has a deeper meaning that “Master”. Could you tell us about your Si Fu’s importance in your life since the beginning?

Si Sok Diego: He’s one of my life’s main pillars, my master and, in my heart, I consider him a father.
Si Sok e seu Si Fu, Mestre Leo Imamura, fazem Chi Sau durante um seminário no Rio de Janeiro.

Si Sok and his Si Fu, Master Leo Imamura, doing Chi Sau during a seminar in Rio.


Blog do Pereira:Por ele atuar em São Paulo e você praticar no Rio de Janeiro, você
acha que atrapalhou a relação de vocês de alguma forma?

Si Sok Diego: Pelo contrário!!! Acho que o resultado desta busca foi positivo em todos os níveis, pois o fato de ir me permitiu ter contato com ele, conhecê-lo e me ajudou a conviver com a família kung fu em diversos níveis.
Isso só ajudou e além do mais visitar e zelar pelo seu Si Fu é o dever de qualquer Dai Ji!!

-->
Peartree’s Blog: He lives in São Paulo and you practice in Rio, do you think this may have somehow weighted in your relation?

Si Sok Diego: Just the opposite! I think the results of this distance was positive. Whenever I went there, I could live something most people couldn’t with him and with my family, in several levels.
That only helped me, furthermore, visiting and caring for your Si Fu is every Daí Gee’s duty!


Si Sok esteve presente na festa que comemorou os 40 anos de seu Si Fu em 15 de Março de 2003.

-->
Si Sok was there in the 40th birthday party of his Si Fu, on 2003 March 15th.

Blog do Pereira:Todo o Todai("praticante") perto de seu Sifu já cometeu algum ato
sem sentido e por que não dizer "vacilou" (risos), você lembra de
algum momento curioso ao lado de seu Sifu do qual hoje você ache graça
mas na hora não tinha onde se esconder?(risos)

Si Sok Diego:Fat Lei, existem várias... Mais vou contar uma não tão recente mais pra mim marcante. Fui passar os dias dos pais com o Si Fu, em sua casa em Salto. Eu fui com o meu dinheiro contado, e como passei 10 dias em São Paulo o dinheiro já tinha acabado (sobrando apenas o da passagem de volta e mais nada) antes de irmos para Salto. Mais enfim, passei um dia super agradável com Si Fu, Si Mo e seus filhos, vimos Speed Racer no dvd (o Si Fu é fã do Speed Racer) almoçamos, enfim tudo tranqüilo. Na hora de irmos embora eu vi o horário do ônibus e como é bem próximo faltando 15 minutos fomos pra rodoviária . Tudo bem até a hora de chegarmos na rodoviária, porque chegamos 5 minutos antes do ônibus partir, sai correndo pra conseguir comprar a passagem e o Si Fu, veio calmamente andando atrás de mim... quando cheguei no balcão descobri que a rodoviária de Salto não aceitava cartão de débito, Só dinheiro vivo, e o pior não têm caixa eletrônico!!
O Si Fu vendo meu cara de surpreso ainda falou “- Diego, eu nem trouxe a minha carteira, não posso te ajudar”!!
Então a situação era essa, eu tava com a passagem de São Paulo – Rio comprada
(não podendo trocar), sem dinheiro e com o valor exato da passagem de Salto pra São Paulo na conta e sem poder usar!!
Então o Si Fu fala vamos até o posto de gasolina tirar dinheiro e voltamos, então lá fomos nós para o posto (que fica entra a casa do Si Fu e a rodoviária) e eu na hora já estava sem saber o que fazer só olhando pro relógio e pensando que não teria como chegar a tempo, que não teria como voltar e que perderia a passagem....
Chegando no Posto de Gasolina, sai do carro correndo que nem um maluco e fui no caixa eletrônico do posto e ... ele estava em manutenção, na hora eu me lembro de ter rido e ao mesmo tempo não acreditei no que vi.
Então sem pensar 2 vezes fui correndo pro frentista e perguntei se ele poderia me dar o dinheiro e eu passava no cartão de débito, tudo isso pensando que o ônibus já tava indo embora! De repente o Si Fu me chama e fala “- Diego, entra no carro!”, eu ainda ia tentar argumentar , mais então decidi não falar nada... Ai o Si Fu pegou o carro e cantarolando a musica tema do Speed Racer foi calmamente até a rodoviária, confesso que na hora eu ouvi eu pensei, “a musica do speed racer andando a 70 km/h?? não poderia ter se empolgado e andar a 170 km/h??”
Chegando na rodoviária, sai correndo, fui pulando banco da rodoviária, bagagem todo mundo que tava na minha frente só pra pelo menos ver se o ônibus ainda estava lá, e pra minha alegria ele estava!!
Então o Si Fu chega perto de mim e me emprestou o dinheiro e se despediu, e eu bufando agradeço e entro dentro do ônibus, depois olhando pro relógio eu vi que se passaram apenas poucos minutos e o ônibus atrasou uns 10, mais pra mim foi uma eternidade e toda vez que eu ouço a musica do speed racer me lembro desse dia dos pais, e te garanto que aprendi muito kung fu nesse dia, porque entre a musica tema do speed e as minha corridas tivemos mais tempo para conversar e conviver!!

-->
Peartree’s Blog: Every Todai ("practitioner") has already commited some nonsense next to his Si Fu. Do you remember something you’ve done that got you ashamed but now it makes you laugh? Hehe

Si Sok Diego: There are many... I’m going to tell you and old one, but meaningful. I went to a Father’s Day at my Si Fu’s house, in Salto(a city of Sao Paulo State where Si Gung Leo Imamura lives). I had a tight budget and after 10 days in Salto my money was completely gone, I had only the exact amount I needed to travel back home( to Rio). I had an wonderful day with my Si Fu, Si Mo and their children, we watched Speed Racer (my Si Fu loves it), we had lunch together, everything went on smoothly. I knew the buses’ departure schedule, so we left Si Fu’s house 15 minutes before, arriving there in 10 minutes. I ran in order to buy my ticket, and Si Fu calmly walked behind me, when I reached the booth, I discovered that they didn’t accept Credit Card, only cash, and there wasn’t a single cash dispenser nearby!
Si Fu looked at my surprised face and said: “Diego, I didn’t bring my wallet, I can’t help you!”
I had a bus ticket São Paulo-Rio, but I had to get from Salto to São Paulo first. I had the money, but I couldn’t buy the ticket I needed.
Si Fu took me to a Gas Station nearby and when I went to the cash dispenser there was a sign, Out of Order. I started laughing out of despair, I couldn’t believe in that!
I talked to the counter guy and asked him if he could take some money from my card and give me some real cash, and all the time I though about the bus leaving.
Then Si Fu called me and said: “Get in the car.” He took me to the Bus Station again humming Speed Racer’s theme, I though: “Speed Racer’s theme at 70km/h? He should be at 170km/h!”
When I got to the Bus Station I ran to the bus, bumped into people, junped over fences, expecting to see the bus, and it was there! Si Fu lent me the money I needed and said farewell. I thanked him and hastly got into the bus, that stood in place for 10 minutes more before leaving, but to me, it lasted hours.
Everytime I hear Speed Racer’s theme, I remember about that day. I learned a lot of Kung Fu, because between Speed Racer’s theme and my sprints, we spent some time together!


Si Sok com sua Si Mo, Sra. Vanise Imamura, durante a comemoração do aniversário de Si Taai Po Helen Moy no Brasil em 2007.

-->
Si Sok with his Si Mo, Mrs. Vanise Imamura, at Si Taai Po Helen Moy’s birthday in Brazil, in 2007.

Blog do Pereira: Você pretende se tornar Sifu um dia?

Si Sok Diego: Sim

-->
Peartree’s Blog: Would you like to become a Si Fu, someday?

Si Sok Diego: Yes.



Blog do Pereira: Bom,você também é autor do livro "GRAVURA,A bela arte". Do que se
trata esta obra?

-->Peartree’s Blog: Well, you’re the author of “PRINTMAKING, The fine art”. What it’s all about?
Em seu livro vocês poderão encontrar ilustrações absurdamente fantásticas como esta: "Paisagem Urbana", minha preferida. Para conferir um preview acesse: http://www.gadailap.blogspot.com/

-->
In his book you may find Prints like this one: “Urban Landscape”, me personal favorite, for a preview, try “www.gadailap.blogspot.com”

Si Sok Diego: É verdade, eu lancei o livro em 2008 foi um grande projeto que realizei !!
O livro tem como um de seus principais objetivos o de ser um adequado instrumento de apresentação e de compreensão sobre a arte da Gravura. A sua origem e história, o seu papel junto à escola de Belas Artes, as distintas técnicas clássicas da gravura e uma mostra de 60 obras de 12 alunos do curso compõem o livro.

-->
Si Sok Diego: That’s true. I finished this book in 2008, it was a nice project I finished!
I wanted this book to be and adequate instrument in introducing and understanding the Printmaking art. It’s origins, history and it’s role in UFRJ Nice Arts Course, the different classic techniques and 60 Prints from 12 students.



Uma oficina improvisada na cozinha.
Si Sok Diego trabalha Gravura em metal.

-->
A workbench in the kitchen.
Si Sok Diego works with metal printmaking.
Técnica que produz obras maginíficas como esta, a "número 11"
(http://www.gadailap.blogspot.com/)

-->
With this technique you can make nice works, like this one: “Number 11” - (http://www.gadailap.blogspot.com/)

Blog do Pereira: E para adquirir um exemplar?

Si Sok Diego: Pode compra on-line em diversas livrarias ou entrar em contato direto comigo no E-mail d.guadelupe@gmail.com

-->
Peartree’s Blog: How can I buy one?

Si Sok Diego: You can buy it online, in many bookstores or you can send me an e-mail “d.guadelupe@gmail.com”


Si Sok expondo uma de suas obras: "Número 9".

Si Sok exposes one of his arts : "Number 9"

Blog do Pereira: Antes de encerrarmos, muita gente estranhou a chamada para sua
entrevista
com referências ao "CONAN,O bárbaro" e "Rocky Balboa", mas
o BLOG DO PEREIRA sabe que você é um grande fã destes dois
personagens!(risos). Você poderia encerrar esta entrevista citando
alguma passagem em forma de mensagem para nossos leitores, de um dos
filmes do Rocky onde você tenha identificado "Kung Fu", relação
"Mestre-discípulo",relação "Sihing-Sidai", ainda que Stallone em
momento algum tenha pensado em Ving Tsun?

Si Sok Diego: A relação do Rocky com o Micky é sensacional, principalmente quando Adrian quase morre e ele o apóia no hospital. A forma como Rocky abre mão de influencia externa e direciona toda sua vontade para seu treinamento, a forma como Apolo, mais experiente, ajuda Rocky quando Micky morre. Enfim poderíamos fazer um “review kung Fu” sobre Rocky, tamanho são as referências que vejo!!

Mais queria agradecendo pela oportunidade e Fat Lei, um grande abraço!
E a quem ler essa entrevista continuem acompanhando o BLOG do Pereira !!!

-->
Peartree’s Blog: Last question, many people found strange that in your interview’s pre-video, I put some references like "CONAN, The Barbarian" and "Rocky Balboa". I know that you’re a great fan of these characters! Could you quote some nice moment when you identified “Kung Fu” in Stallone’s movies?

Si Sok Diego: The relation between Rocky and Micky is wonderful, especially when Adrian are bad and the latter supports the former in hospital. The way Rocky abides everything and uses his willpower to train, the way Apolo, a experinced brawler, helps Rocky when Micky dies. I think we’re able to do a “Kung Fu Review” about Rocky!
I thank you for this opportunity. Best regards!
And whoever reads this interview, keep on coming to Peartree’s Blog!

3 gerações da Família Guadelupe: Si Sok(de óculos) com seu irmão, mãe e sobrinha!

-->
Three Guadelupe family generetions: Si Sok(with glasses) with his brother, mom e nephew!
Si Sok Diego com um Mestre da Gravura, seu orientador neste processo Sr. Kazuo.

-->
Si Sok Diego with a Printmaking Master, Mr. Kazuo.
Si Sok entrega um exemplar de seu livro a Si Taai Po Helen Moy(esposa de grã-mestre Moy Yat) que está sentada ao lado do gentil Sr. Michael Wong por ocasião da comemoração de seu aniversário em 2007 no Brasil.

-->
Si Sok gives Si Taai Po Helen Moy one of his books. She was sitting next to the kind Mr. Michael Wong in her birthday party in Brazil, 2007.
Si Sok Diego sempre muito bem acompanhado, desta vez tem ao seu lado um dos maiores exemplos de perseverança dentro da MYVT: Si Sok Washington. Vindo do distante estado do Piauí no Norte do Brasil para treinar Ving Tsun em São Paulo, hoje é mestre pela MYVT.

-->
Si Sok Diego next to Si Sok Washington. The latter came from the state far away state of Piaui(Norht of Brazil) to train Ving Tsun in Sao Paulo living at Mo Gun. Today he’s one of MYVT Masters.
da esquerda p/ direita: Si Sok Carlos Reis, Marcela, Si Sok Diego e Pedro Reis.
Amigos de longa data, Si Sok Diego trouxe Si Sok Carlos para a Família Kung Fu a muito tempo atrás.
Para Si Sok, esta não poderia deixar de ser também uma foto de família.

-->
From left to right: Si Sok Carlos Reis, Marcela, Si Sok Diego and Pedro Reis.
Longtime friends, Si Sok Diego brought Si Sok Carlos to the Kung Fu family a long time ago.
For Si Sok Diego, this is also a family picture.
O responsável por transmitir diretamente o Kung Fu para Si Sok Diego , em vista de seu Si Fu morar em São Paulo, é o seu Si Hing(de camisa branca) e meu Si Fu, Mestre Julio Camacho.E nesta belíssima foto, ambos posam ao lado de dois outros super importantes discípulos de Mestre Leo Imamura: Si Sok Felipe e Si Sok Fernanda.

-->
The one responsible for transmitting directly Kung Fu to Si Sok Diego is his Si Hing (my Si Fu) Julio Camacho. In this nice picture both pose side by side with other two great disciples of Master Leo Imamura: Si Sok Felipe and Si Sok Fernanda.
Grande amiga de Si Sok, a praticante da MYVT-RJ, Paula Gama(Moy Gam Ma)é discípula de Mestre Julio Camacho assim como eu.

-->
Si Sok’s great friend, MYVT-RJ practitioner, Paula Gama (Moy Gam Ma) is disciple of Master Julio Camacho just like me.
Si Sok com seu Si Fu e irmãos Kung Fu de Minas Gerais. Com destaque para o Mestre da MYVT-Belo Horizonte Anderson Maia (segundo da direita para a esquerda).
-->
SI Sok with his Si Fu and Kung Fu brothers from Minas Gerais. Highlighting Master Anderson Maia, from MYVT-Belo Horizonte (second from right).



Vida Kung Fu com Mestre Leo Imamura, Si Sok Felipe Soares, Si Sok Domenico e sua esposa e filho.
-->Kung Fu life with Master Leo Imamura, Si Sok Felipe Soares, Si Sok Domenico and his wife and child.
E você achou que as cores das perguntas e respostas serem vermelho e preto foi por acaso?
Assim como eu, Si Sok torce para o maior time de futebol do Rio de Janeiro e o mais querido do Brasil: FLAMENGO!
The greatest Football(or soccer in US) team in Brazil is Flamengo from RIO. Me and Si Sok are Flamengo!!
Num treino mais pesado na manhã de Domingo, Si Sok passa as instruções a Roberto Viana e Si Sok Felipe.

heavy trainning in a Sunday´s morning: Si Sok gives instructions to Roberto Viana and Si Sok Felipe(Yellow)
Nesta foto eu fiz sinal e tudo, mas Si Sok pelo jeito não estava muito a fim de mostrar o rosto!
-->
In this picture, I even posed, but Si Sok was in no mood for showing his face!



Esta é a foto do time de futebol de nosso Mo Gun! Muitas saudades!
No SPORTV, em algumas propagandas de futebol você vai perceber os atores usando uma dessas blusas!rs
Isso graças ao Si Sok Felipe

This is our old football(soccer) team of Mo Gun in 2004!


Agora sim!
Da esquerda para a direita: Eu, Si Sok e Si fu. Os três atacantes do time em 2004!rs
Minhas parcerias futebolísticas com Si Sok se estenderam até as "Peladas" no prédio do Si Sok Carlos Reis as Terças a noite, onde jogávamos juntos até outro dia!

p.s. - O All Star que uso foi devido ao meu tênis ter furado neste dia!rsrs
-->
From left to right: Me, Si Sok and Si Fu. Our team’s three linemans in 2004.My soccery partnerships with Si Sok went as far as the the "Peladas*"(how are called soccer matches with friends*) at Si Sok Carlos Reis building. From Tuesday night, we used to played together ‘till Wednesday!

p.s. - The All Star sneakers that I’m on was used only because my soccer sneakers were torn that day!
Hehe


Numa remota época em que máquinas digitais eram artefatos inexistentes, Si Sok André, Si Sok Diego e Vladimir Anchieta(já entrevistado aqui) posam juntos no antigo Nucleo Central da MYVT-RJ.
-->On a time when digital cameras were inexistents artifacts, Si Sok André, Si Sok Diego and Vladimir Anchieta strikes a pose in front of the former Brazilian Central Branch of MYVT.
Foto histórica de nossa visita as futuras instalações do Nucleo RJ na Barra da Tijuca.
-->
Historical Picture of our visit to the rooms that later became Rio’s branch in Barra.
Afternoon snack in Mo Gun!

Lanche no fim da tarde no Mo Gun!
Se o Kung Fu tem ligações com o budismo e a alimentação vegetariana não importa!rs
Aqui é coxinha de galinha e coca-cola mesmo! E que sobreviva o mais forte!

(Gil Batista, eu e Si Sok)
-->
If kung fu, buddhism and vegetarians are related ,it doesn’t matter! Here we have brazilian fried chicken and Coke! Only the strongest survive!

(Gil Batista, me and Si Sok Diego)



O Blog do Pereira agradece a participação de Si Sok Diego e a sua visita!

The Peartree´s Blog thanks you for visiting!

Thiago Pereira
(12G VT)



1 comment:

  1. Gente fã do Conan é estranha... Chegaram a presidência.

    ReplyDelete