ONDE PRATICAR

ONDE PRATICAR
Clique na imagem e conheça os Nucleos da Moy Yat Ving Tsun no Rio

Thursday, January 30, 2014

MEETING ABOUT THE VING TSUN KNIVES W/ MASTER LEO(ENCONTRO SOBRE O NIVEL DAS FACAS COM MESTRE LEO IMAMURA)

Em Janeiro de 1990, eu costumava acordar toda manhã, e sem sair da cama, gritava a minha mãe. Ela ligava nossa única TV , ainda com seletor, no canal 6 da Manchete. Porque durante toda a manhã passava o meu programa favorito na época: "Cometa Alegria"(foto).
Enquanto tomava o café-com-leite e comia as torradas que minha mãe fazia( e que gosto até hoje), assistia clássicos como "Jaspion", "Changeman", "Jiraya" e os lançamentos(na época!!!) como : "Jiban" e o meu preferido: "Lion Man"!!! Um samurai que tinha um foguete nas costas e podia fazer uso dele para se "Transmutar"(sim! eles usavam essa palavra!) num "Leão-Samurai"(oookkk) e lutava contra o mal com a sua Katana e capa azul!

In January 1990, I used to wake up every morning, and without getting out of bed, screamed my mother. She used to turn our only TVon , an old one with a dial, and put on channel 6. Because throughout the morning I used to love watch my favorite TV show at the time: "Comet Happiness" (photo). 
While I was having coffee with milk and eating the toast that my mother did , watching japanese Tv series very popular in Brazil like "Jaspion", "Changeman", "Jiraiya" and releases (at the time)such as "Jiban" and my favorite: "Lion Man"! A samurai who had a rocket in the back and could make use of it to "transmute" (yes! they used that word!) In "Lion Man" (oookkk) and fought against evil with his Katana and blue cape!

Vinte e quatro anos depois, cá estou eu(foto) usando lâminas para praticar uma arte, não japonesa, mas chinesa. E não me tornei "Uma dádiva dos ninjas" igual ao Lion Man como tanto queria naquele verão, mas  um descendente de décima segunda geração da linhagem Moy Yat do Clã Ving Tsun.
Tenho que dizer que tem sido difícil...  Facas não são brinquedos, e não dá pra arriscar mais nessa altura do campeonato..  A distância muda, a abordagem com relação ao adversário muda, e seu entendimento precisa mudar pra acompanhar..
Como sou bem lento, acabo por me frustrar. Por muitas vezes, o Do mexe tanto comigo, que dá vontade de jogar os dois pro lado e nunca mais pegar...  Mas são como dois ímãs. Eles vão te atrair de novo pra você se frustrar mais uma vez..E se você insistir em não tocá-los, eles vão até os seus pensamentos, e questionar o quanto você poderia estar evoluindo... E lá está você de novo! Com as duas facas na mão, tentando entender algo que mata e corta todas as suas fantasias... E acaba ensinando você a cortar tudo que não serve mais.Tanto no Ving Tsun quanto em sua vida. Isso pode acabar tornando você uma pessoa muito fria, porque o Do , segundo o que Si Gung nos contou nesse ultimo final de semana, é uma arma que possui "Sa Hei", o que os chineses chamam de "energia assassina". O Do, é uma arma de assassinos. Por isso ele disse que é sempre de bom tom, entregar um Hung Bao(envelope vermelho) a quem praticou com você. Porque aquela pessoa ficou com sua arma apontada pra ela o tempo todo. Essa pessoa pode ser até seu Si Fu. Por isso o Hung Bao pode cortar essa energia..
E para você que pratica sozinho as vezes, cuidado! Pode ser bom fazer um Siu Nim Tau ao final...

Twenty-four years later , here I am ( photo ) using blades to practice an art, not Japanese , but a Chinese art . And I did not become " A gift of ninjas " equal to the Lion Man locutor used to say about him, and as I wanted so much that summer in 1990 , but a descendant of the twelfth generation of Moy Yat lineage of the Ving Tsun Clan .
I have to say it has been difficult ... Knives are not toys , and you can not risk no more .. The distance changes , the approach with respect to the opponent changes , and your understanding needs to change to keep up ..
As I am pretty slow-learner , I end up frustrating me everytime . Many times , the Do stirs me so much , that makes me want to play both to the side and never get them again ... But they are like two magnets . They will lure you back for you being frustrated again .. And if you insist on not touch them , they will go to their thoughts , and ask how you could be evolving if you had them in your hands ... And there you are again! With two knives in hand , trying to understand something that kills and cuts all your fantasies ... And just teaching you to cut everything that is no more important for you anymore  not just for Ving Tsun as for your life . 
This can end up making you a very cold person , because the Do, according to what Si Gung told us this last weekend , is a weapon that has "  Sa Hei " , which the Chinese call "killing energy " . The Do, is a weapon of assassins . So he said that is always good , delivering a Hung Bao ( red envelope ) to whom practiced with you. Because that person got your weapon pointed at her all the time . This person can be up your own Si Fu . 
So Hung Bao can cut this energy ..
And for you who practices by yourself ! It may be good do Siu Nim Tau in the end...

ENCONTRO SOBRE BAAT JAAM DO COM SI GUNG: PARTE 1
BAAT JAAM DO MEETING WITH SI GUNG LEO IMAMURA: 
PART ONE

Era um lindo Domingo de sol no Rio de Janeiro, quando peguei meu querido irmão Kung Fu Vladimir Anchieta e juntos fomos ao encontro de Si Fu e Si Gung e de todos os demais(foto) para um delicioso café da manhã no bairro do Recreio, Zona Oeste de nossa cidade.

It was a beautiful sunny Sunday in Rio de Janeiro, when I took my dear Kung Fu brother Vladimir Anchieta and together we went to meet Si Fu and Si Gung and all the others (photo) for a delicious breakfast in the  neighborhood of Recreio in the West of our city.

(Modelo usado para a prática da Si Sok Maria Cristina)
(A model used for practice owned by Si Sok Maria Cristina)

Fomos para a casa de Si Fu no mesmo bairro, onde a primeira parte do Encontro aconteceu. Si Gung deixou que nós colocássemos questões e os demais poderiam atuar em cima delas para a conversa fluir.

We went to the house of Si Fu in the same neighborhood, where the first part of the meeting took place. Si Gung left we put questions and the others could act on them for the flowing of the talk.

Tivemos a felicidade de ver Si Gung comentar pormenores desta fascinante arma. Ele nos contou, que o próprio formato da faca é um dispositivo em si. A faca possui oito partes distintas, e o seu entendimento é de extrema importância para se adentrar no que é chamado de "Dimensão Kung Fu" , um termo apresentado pelo Professor de Filosofia na Grand Valley State University Pei Min Ni , e aproveitar todo o potencial de seu formato.
Meu autor preferido , François Julien, tem em um parágrafo de seu livro "Traité de l'Efficaité, palavras que podem explicar esse conceito nesse caso talvez: " ...O efecto é o efeito habitado de vazio e levado a se manifestar, é o efeito que se opera , que se prossegue, e por isso jamais completamente manifestado, como que em falta mas inesgotável..."

We were fortunate to see Si Gung comment on details of this fascinating weapon. He told us that the shape of the knife itself is a device itself. The knife has eight distinct parts, and the understanding of it is of extreme importance  to get into what is called "Kung Fu Dimension", a term introduced by Professor of Philosophy at Grand Valley State University, Mr Pei Min Ni, and harness the full potential of its format. 
My favorite author, François Julien has a paragraph in his book "Traité de l'Efficaité", words that can explain this concept in this case perhaps: "...The efecto is the effect inhabited of emptiness and taken to manifest itself, is the effect which it perates, which is followed, and therefore never fully manifested, as if missing but inexhaustible ... "
Este foi um momento histórico para mim. Pois nunca havia visto essa imagem: A faca de prática de Grão-Mestre Moy Yat que era feita de madeira.
Si Gung nos questionou sobre a diferença entre usar uma faca de metal e uma de madeira por exemplo. O que isso influencia na prática e qual momento mais adequado para tal..

This was a historic moment for me.Because I had never seen this image: The practice Knife of Grand Master Moy Yat which was made ​​of wood. 
Si Gung questioned us about the difference between using a metal knife and a wodden knife for example. What does this influence in practice and what is the more appropriate time for this ..

Fantástico mesmo foi ver o modelo desenhado por Grão-Mestre Moy Yat junto de dois rascunhos , onde um mostra a sua diferença do Wu Dip Do(蝴蝶刀) que é chamado no Brasil de "Faca Borboleta" e semelhança com o Gu Jai Do(鼓仔刀).
Grão-Mestre Moy Yat nos deixou o seguinte texto:
"...O Baat Jaam Do 八斬刀 do Ving Tsun 詠春 é um par de facas oriundas da evolução do Gu Jai Do 鼓仔刀. Nas laterais do tambor empregado na Dança do Leão (Mo Si 舞獅), por via de regra, ficam colocados dois Lau Yip Do 柳葉刀, vulgarmente chamados Gu Jai Do 鼓仔刀. A forma do Ving Tsun Baat Jaam Do 詠春八斬刀 é extremamente similar à do Gu Jai Do 鼓仔刀. Suas medidas são duas vezes maiores que as deste..."

It was fantastic to see the model designed by Grand Master Moy Yat next two drafts, where one shows its difference from Wu Dip From ((蝴蝶刀) is called in Brazil "Butterfly Knife" and likeness with Gu Jai Do (鼓仔刀). 
Grand Master Moy Yat left us the following: 
"... The Baat Jaam Do (八 斬 刀) from Ving Tsun (詠春) is a pair of knives coming from the evolution of Gu Jai From(鼓仔刀). On the sides of the drum used in Lion Dance (Mo Si 舞獅) by rule, are placed two Lau Yip Do (柳葉刀), commonly called Gu Jai Do (鼓仔刀). The form of Ving Tsun Baat Jaam Do (詠春八斬刀) is extremely similar to Gu Jai from(鼓仔刀). It measurements are two times higher than this ... "
(Momento do brinde com Si Fu e os demais na minha "festa surpresa" de aniversário ano passado)
(The toast with Si Fu and the others, during my "surprise" b-day celebration last year)

O "Baat" (八) em Baat Jaam Do 八斬刀, significa "8". Esse número aparece escondido em vários momentos deste Nível. Inclusive no formato da Faca com 8 partes como dito acima. E como um bom "cego" ainda luto para enxergá-las... E "...Embora o Baat Jaam Do 八斬刀 possua apenas oito curtíssimas seções, é suficientemente para fazer o praticante de Ving Tsun 詠春 ficar seduzido e loucamente apaixonado por ele..." - Escreveu Grão-Mestre Moy Yat. Bom, acho que esse não foi meu caso...  Ainda assim vivi muitos momentos tensos que Si Fu teve que contornar durante minha prática, não por questioná-lo em seu conhecimento, mas por não conseguir entender como funciona isso tudo! Si Gung inclusive comentou, que a sequência do Baat Jaam Do gera desconfiança, e nos parece não ter um comprometimento pedagógico...  E cara! Eu vivo isso na pele!
Por isso, também acredito que o que vai sustentar você não só no Baat Jaam Do mas em qualquer momento difícil no Sistema, será a relação que você construiu com seu Si Fu...

The " Baat " (八) in Baat Jaam Do(八斬刀) means " 8 " . This number appears hidden at various times in this level . Even the shape of the knife with 8 pieces as stated above . And as a good "blind " I still struggle to see them ... And " ... Although the Baat Jaam Do(八斬刀)has only eight very short sections , is enough to make the practitioner of Ving Tsun(詠春)get seduced and madly in love with it ... " - Wrote Grand Master Moy Yat . 
Well, I guess this was not my case ... I Still lived many tense moments that Si Fu had to overcome during my practice , not about questioning him on his knowledge , but not being able to understand how all this works ! Si Gung even commented that the sequence of the Baat Jaam Do can distrust oneself , and seems to not have a teaching commitment ... And boy ! I live  this!
Therefore , I also believe that what  will sustain you not only on the Baat Jaam Do but in any difficult time in the system , will be the relationship you have built with your Si Fu ...
(Eu e Si Fu no mesmo time antes de uma das muitas partidas de futebol que jogavamos todo o Domingo)
(Si Fu and I warming up before another soccer match that we used to play together every Sunday)

Porque Grão-Mestre Moy Yat também escreveu: "...Do Baat Jaam Do 八斬刀, deve-se começar falando de superstição. Acredite ou não, geralmente, quando se usa uma faca ou outro instrumento de corte para ensinar (ou negociar), mais tarde, a relação entre instrutor e aprendiz romper-se-á à semelhança de “uma faca, duas partes” (yat do leung duen 一刀兩段). Isso é muito acertado! ..."
Mas eu não quero assustar você que está lendo! Nem com minhas questões nem com essa "Maldição"...
Lembre-se sempre que você pode se apoiar numa forte relação com seu Si Fu. Ela vai lhe assegurar viver incríveis momentos, mesmo quando tudo parecer desmoronar. Tanto na sua prática quanto na sua vida... E só pra garantir, entregue um Hung Bao ao final do Momento de prática do Baat Jaam Do...  Pois como dizem no Brasil: "Melhor não dar sorte pro azar"...

Because Grand Master Moy Yat also wrote. "... About Baat Jaam Do (八斬刀), we should start talking about superstition. Believe it or not, usually, when using a knife or other cutting instrument to teach (or negotiate ) later, the relationship between Master and disciple will break-up like a "knife two parties"(yat do leung duen 一刀兩段) That's for sure! ... "
But I do not want to scare you who are reading! Not even with my issues with this "Curse" ... 
Always remember that you can rely on a strong relationship with your Si Fu. It will ensure you live incredible moments, even when things fall apart. Both in your practice and in your life ... And just in case, handed a Hung Bao to him at the end of the Moment of practice of Baat Jaam Do ... Well as we say in Brazil: "Better not let the bad-luck get lucky" ...

THE DISCIPLE OF MASTER JULIO CAMACHO
Thiago Pereira "Moy Fat Lei"
moyfatlei.myvt@gmail.com










...
Quase me esqueci!  Apesar de tudo, consegui aprender muitas coisas com o Baat Jaam Do, e uma delas foi...

I almost forgot! Even with so many tough moments, I learned a lot with Baat Jaam Do! And one of those things was...

O Lion Man não sabia usar espada!!!
(Obrigado Baat Jaam Do... lá se vai minha infância...)
Lion Man did not know how to use a sword!!!
(Thanks Baat Jaam Do...blowing my childhood away...)


CONTINUA
TO BE CONTINUED

No comments:

Post a Comment