ONDE PRATICAR

ONDE PRATICAR
Clique na imagem e conheça os Nucleos da Moy Yat Ving Tsun no Rio

Monday, January 19, 2009

ENTREVISTA: MOGUN ALL STARS

Como prometido na última semana, trazemos uma entrevista com Felipe Soares, praticante da Moy Yat Ving Tsun-RJ na coluna MOGUN ALL STARS.
Esta coluna, tem a função de permitir que os membros da MYVT conheçam um pouco mais da história das pessoas com quem treinam, e para os leitores que são de outras artes ou estilos,ou nem mesmo praticantes são, conhecer histórias de vida que demonstram grande garra e espirito de luta para atingir objetivos.
Então o BLOG DO PEREIRA orgulhosamente apresenta a vocês esta grande entrevista:




ENTREVISTA COM:
FELIPE SOARES(MOY FEI LAP)
MEMBRO DA MYVT-Martial Intelligence do Rio de Janeiro desde 2000

BLOG DO PEREIRA:
Sisok, por favor, nos fale seu nome,idade, e há quanto tempo pratica o Ving Tsun.

Felipe: Felipe Soares de Araujo Neves, quase 28 anos (27/01/1981) e praticando Ving Tsun desde fevereiro de 2000.

BLOG DO PEREIRA:Porque o "Ving Tsun"?

Felipe:Porque eu vejo como o Sistema Ving Tsun ajuda as pessoas a se descobrirem.Digo isso num sentido amplo. O conhecimento de si mesmo no que isso tem de bom e de ruim. Enxergar no espelho o que você gosta e o que não gosta também, aprendendo a conviver da melhor maneira com esses dois lados. Descobrir que você é ao mesmo tempo único e parte de um todo (quer você queira ou não fazer parte desse todo).Esse tipo de descoberta que acontece em cada pessoa é uma revolução. Isso afeta não só a própria pessoa como todos que convivem com ela direta e indiretamente. Em última instância, acredito que seja possível tornar o mundo um lugar melhor (mais consciente de si mesmo) pessoa a pessoa.Pode parecer muito "viajante" isso, mas imagine uma pessoa influente que treine Ving Tsun. Imagine um juiz, por exemplo. Agora pense que talvez ele possa ser um melhor profissional usando o que aprendeu com o Ving Tsun. Note quantas pessoas podem ter de se beneficiado do fato de eu ter ajudado alguém a aprender com o Sistema.
Enfim, é por isso e muito mais que eu gosto de fazer parte dessa família unida pelo Ving Tsun.

BLOG DO PEREIRA:
Você e a Sisok Fernanda Neves que são irmãos dentro e fora da Família KF começaram juntos. Você indicou pra ela?ela que indicou ?ou vocês foram conhecer juntos o que era Ving Tsun?

Felipe:Eu vi a placa do Núcleo que na época ficava em Jacarepaguá e fiquei curioso. Comentei com ela que ia dar uma passada para conhecer e ela foi junto. Até aí tudo bem, era normal nós andarmos juntos. A surpresa foi que ela decidiu treinar também.

[Sisok Fernanda(Moy Fei Na Tat) ao lado de seu irmão, Sisok Felipe Soares(Moy Fei Lap)]

BLOG DO PEREIRA:Você já gostava de artes marciais?

Felipe:Gostava de filmes, principalmente do Jean-Claude Van Damme. Diferente da maioria que gosta de Ving Tsun, eu não me interessava pelos filmes do Bruce Lee.

BLOG DO PEREIRA: Teve alguma outra experiência antes do Ving Tsun?

Felipe:Fiz judô. Pelo que me lembro, eu era até bom. Tinha boa base e ganhei uma medalha de prata numa competição entre academias. Parei quando ia pegar a faixa laranja.Do dia que eu decidi parar, só lembro que estava cansado de ficar caindo no chão o tempo todo.

BLOG DO PEREIRA:Consegue se lembrar de algum momento marcante durante a sua jornada até hoje?
Felipe:
Vários. Mas hoje acho que qualquer momento que traz algum aprendizado é marcante. E como treinamos Ving Tsun para descobrir como aprender em qualquer situação, todo momento, por mais banal que seja, pode ser marcante. Basta saber enxergar.

BLOG DO PEREIRA:E um momento engraçado ?

Felipe:Durante uma viagem na Argentina, eu, Sifu Julio Camacho e Sipak Nataniel estávamos num táxi. Nessa época eu ainda não sabia, mas o Sipak Nataniel é muito bom em criar situações engraçadas. Ele começou a puxar assunto com o taxista sobre o Maradona. O taxista ficava jogando seguro e não queria admitir que achava o Maradona melhor do que o Pelé.Então o Sipak Nataniel disse que bom mesmo era o Garrincha e falou que era filho dele. O resto da viagem foi ele tentando convencer o taxista de que era realmente um filho do Garrincha e o taxista tentando evitar dizer que achava o Maradona melhor do que o Garrincha. (Simo Daniela Camacho, Sifu Julio Camacho e Sisok Felipe Soares no avião rumo a Argentina em 2007)

BLOG DO PEREIRA:
Geralmente os praticantes de Ving Tsun não são incentivados por seus parentes a treinar. Por você e sua irmã treinarem juntos, a familia apoiou ou ainda assim foi dificil?

Felipe:
No começo meus pais que pagavam, então não posso dizer que eles não apoiaram. No entanto, eles demoraram a entender a questão da família Kung Fu (muito por incapacidade minha de explicar direito) e isso gerou alguns atritos.Hoje é diferente, mas minha mãe ainda reclama quando eu passo muito tempo viajando com a família Kung Fu.

(no canto direito da foto, Sisok Felipe Soares esbanja categoria com seus sunglasses enquanto faz Siu Nim Tao..rs no canto esquerdo da foto, Sifu Julio Camacho ajuda Sisok Fernanda com seu Sao Kuen! )

BLOG DO PEREIRA:Vocês são muito abordados por parentes e amigos para demonstrarem alguma coisa?

Felipe:Acontece bastante, mas confesso que não fico demonstrando sempre que pedem. Depende do nível de interesse da pessoa. Se é um interesse legítimo e não só um tópico para puxar assunto, então eu começo a pensar em mostrar algo.
Por outro lado, me desanima tentar mostrar ou explicar alguma coisa quando noto que a pessoa não faz a mínima idéia do que está falando. Nessas horas eu acabo dando um jeito de mudar o caminho da conversa.
Mas se a pessoa insistir em outras oportunidades eu noto que o interesse é legítimo e explico direito, tentando fazer sempre na medida do que é pedido.

(Sisok Felipe e sua família reunida!)

BLOG DO PEREIRA:Vocês praticam Ving Tsun em casa ou fora do Mogun?

Felipe:Com a Fernanda é difícil. A gente se vê pouco dentro de casa. Geralmente é quando estamos muito ocupados ou cansados demais para fazer qualquer movimento além de conversar.


BlOG DO PEREIRA:Hoje podemos dizer que você é uma referência na MYVT-RJ. Como você vê esta passagem sua de simples praticante a referência para muitos?

Felipe:Nunca pensei nisso dessa forma. Eu simplesmente estou lá no Núcleo tentando aprender como todo mundo que também está lá. Acontece que os anos se passaram e novas pessoas entraram. Como eu cheguei lá antes, essas pessoas perguntam para mim. O que eu faço é tentar aprender com essas perguntas.Se eu sou alguma referência, espero que seja essa: estar disponível e disposto a aprender com todo mundo.


BLOG DO PEREIRA:Seus objetivos dentro do Ving Tsun mudaram desde que você começou?

Felipe:Não acho que mudaram. Sinto que eles são os mesmos desde o começo, só que eu não sabia explicar direito.

BLOG DO PEREIRA:Ao lado de Mestre Julio Camacho, você visitou Angola por duas vezes. Como foi essa experiência para você?

Felipe:Conhecer uma cultura diferente é sempre uma experiência valiosa. No caso de Angola é mais interessante ainda porque é um país muito diferente e ao mesmo tempo estranhamente familiar. E não digo isso só pela questão da língua.
Mas, acima de tudo isso, eu viajei pela oportunidade de acompanhar o Sifu Julio Camacho. O destino da viagem sempre foi uma questão secundária. Nesse caso foi Angola, mas podia ser qualquer outro.

(Como já foi comentado neste BLOG em 3 ou mais oportunidades detalhadas inclusive numa delas pelo próprio Sisok Felipe numa participação especial, a MYVT-RJ começa um projeto pioneiro ao lado do Todai de Sifu Julio Camacho,William Franco em Angola.Nas duas oportunidades em que Mestre Julio esteve lá, Sisok Felipe Soares foi quem o acompanhou. O que fez crescer a relação entre ele e seu Sihing Julio Camacho. Na foto observamos os dois com William já em Luanda, capital daquele país.)

BLOG DO PEREIRA:Seu Sifu é o Mestre Leo Imamura, poderia dizer algumas palavras de como você vê a sua relação hoje com ele? O que você acha que cresceu entre vocês?

Felipe:Depois da última temporada em São Paulo onde passei 20 dias acompanhando meu Sifu sinto que finalmente permiti que ele me conhecesse. Acho que esse é o primeiro passo e isso levou quase nove anos. O fundamental é manter a proximidade. Basta estar realmente disponível que o resto acontece naturalmente.


BLOG DO PEREIRA:Sisok, obrigado pela participação no BLOG do Pereira, e gostariamos de encerrar pedindo que você deixe uma mensagem para os leitores do BLog.

Felipe:Essa é fácil: voltem sempre porque esse Blog é do Pereira e não precisa de nenhum adjetivo. Simplesmente "ser do Pereira" é o melhor elogio que eu poderia escrever sobre o blog.


BLOG DO PEREIRA:Uma última pergunta: Você pretende ser Sifu um dia?

Felipe:Sifu no sentido de ter uma família Kung Fu, acho que não. Sinto que é responsabilidade demais para mim. Mas penso em estar sempre ligado a um núcleo, inclusive ministrando sessões.

O BLOG DO PEREIRA MAIS UMA VEZ AGRADECE AO SISOK FELIPE SOARES POR ESSA OPORTUNIDADE. FIQUEM AGORA COM ALGUMAS FOTOS ESPECIALMENTE SELECIONADAS!
eu(Thiago Pereira) e Sisok Felipe ha 5 anos atrás na primeira partida do campeonato Rio-Niterói de futebol da MYVT. O tempo voa!
Sisok Felipe e sua namorada Elisa!
Mais uma parceria entre a gente: Desta vez numa demonstração de Ving Tsun no Campus Tom Jobim da Universidade Estácio de Sá em 2007.
Almoço com a Família Kung Fu. Começando pelo lado direto da mesa: Thiago Silva(Moy Chi yau Si), Sifu Julio Camacho,Sisok Fernanda(Moy Fei Na Tat). No centro:Paula Gama(Moy Gam Ma), ao seu lado na esquerda da mesa: Thiago Pereira(Moy Fat Lei), Sisok Felipe Soares(Moy Fei Lap) e sua namorada Elisa.
"E eles vão fazer de tudo"...
"...Para se divertirem" . Pessoal do trabalho do Sisok Felipe. Um brinde? "Banzaaai!"(by Sr. Miyagui-Karate Kid)
(Afinal "fofura se retribui com fofura" segundo o próprio Sisok!)
Encerramos com esta foto super especial conhecida no meio do Kung Fu como foto "Sifu-Todai" ou simplesmente "Si-To". Sifu quer dizer "Mestre" em chinês(muito mal traduzindo,claro) e Todai é o aluno do Sifu. A foto Sifu-Todai vale mais do que qualquer documento impresso nas Famílias Kung Fu mais tradicionais, pois legitima a relação entre mestre e discípulo. Na foto, sentados estão Sigung Leo Imamura e sua esposa, Sitai Vanise Imamura. E de pé, Sisok Felipe Soares e sua irmã e também praticante e todai de Mestre Leo Imamura, Fernanda Neves.


E no próximo MOGUN ALL STARS!!!!

Um dos praticantes mais queridos e importantes de todos os tempos na MYVT-Rio de Janeiro!
Será que você descobre quem é?
Não perca! Ainda nesta semana!


Obrigado por visitarem o BLOG!

Thiago Pereira


2 comments:

  1. Parece o Seabra de óculos. Dá mais uma dica!

    ReplyDelete
  2. Po cara, entrevista maravilhosa mesmo. Ate me colocou pra pensar depois de ler. Alto nivel mesmo, show de bola.

    Quanto ao proximo entrevistado... sinto muito Pereira... mas eu fui mais pilantra... uma das Lendas do Mogun: Sisok Andre Cardoso!

    ReplyDelete