ONDE PRATICAR

ONDE PRATICAR
Clique na imagem e conheça os Nucleos da Moy Yat Ving Tsun no Rio

Tuesday, July 26, 2016

Visit of the Disciple of the Disciple of Si Fu Ricardo Moraes, from Pui Chan Lineage (Wha Lum Kung Fu)



Elizabeth Bambino, uma sinóloga francesa, diz que o jogo de Mah Jong é uma janela de abertura para os costumes chineses. "A metáfora da cultura do mahjong, sua igualitária força motriz, os sons estonteantes e gestos, bem como o chá-sorvendo, beber vinho e a atmosfera envolvente enquanto se joga, tudo isso tira o sentimento de um destino condenado e a relação entre as pessoas e o poder secular " - explica ela.

Elizabeth Bambino, a French scholar, says the game is a window into Chinese manners. “The metaphor of mahjong culture, its egalitarian driving force, the dizzying sounds and gestures, as well as the tea-sipping, wine-drinking and the immersive atmosphere while playing it, all this takes away the feeling of a doomed destiny and the relationship between people and the secular power,” she explained.


A mágica do Mahjong é o sentimento...De saber que um movimento errado ou a falta de atenção pode levar a vitória ou a derrota. Um jogador experiente, sempre vê a vitória na próxima rodada. Ele ou ela sabem que o jogo se desdobra em muitas novas oportunidades que se apresentarão por si mesmas, ao lado de muita expectativa e esperança , situação essa, comum de se encontrar em situações do dia a dia( The Book of Mahjong,2001. Amy Lo).

The magic of Mahjong is the feeling ... To know that one wrong move or inattention can lead to victory or defeat. An experienced player, always see the victory in the next round. He or she knows that the game unfolds into many new opportunities that will present themselves, along with much expectation and hope, a situation, common to meet in daily life (The Book of Mahjong., 2001 Amy Lo).

VISITA DO DISCÍPULO DO SI FU RICARDO MORAES 
DA LINHAGEM PUI CHAN (Wah Lum Kung Fu)
Visit of the Disciple of the Disciple of Si Fu Ricardo Moraes,
from Pui Chan Lineage (Wha Lum Kung Fu)

(Foto oficial do encontro no Mo Gun da Família Moy Fat Lei do Clã Moy Jo Lei Ou)
(Official photo of the meeting at the Mo Gun of Moy Fat Lei Family from the Moy Jo lei Ou Clan)


Num fim de tarde no Mo Gun do Méier da Linhagem Moy Yat. Recebemos felizes , a visita do Si Fu Antonio Guerreiro e sua esposa Suelen Guerreiro (foto) , ambos da linhagem Pui Chan de Wah Lum Kung Fu.

One evening in Mo Gun of Meier from the  Lineage Moy Yat. We get happy, because of the visit of Si Fu Antonio Guerrero and his wife Suelen Guerreiro (photo), both from Pui Chan lineage of Wah Lum Kung Fu.

Recebi o casal ainda na porta do Mo Gun e um carinhoso presente das mãos do Si Fu Antonio: Um Blu-Ray do Documentário "Kung Fu Pioneer" que conta a história de vida do Grão-Mestre Pui Chan do estilo Wah Lum. Este documentário quando assisti a primeira vez por indicação do próprio Antonio, me emocionou muito. Pois geralmente quando vemos grandes nomes do Mo Lam, não sabemos pelo que essas pessoas passaram.

I received the couple still in Mo Gun door and a loving gift from the hands of Si Fu Antonio: A Blu-Ray of the Documentary "Kung Fu Pioneer" which tells the life story of Grandmaster Pui Chan from Wah Lum style. This documentary when I saw the first time because of Antonio himself, moved me a lot. Because usually when we see big names from Mo Lam, we do not know for what these people went through.

Fiquei muito impressionado com o Kung Fu demonstrado por Antonio e sua esposa do momento em que chegaram ao momento em que partiram. Logo que chegaram, Antonio me ofereceu algumas frutas para a nossa mesa ancestral. Ainda posso me lembrar de quando Si Fu me falou da importância de ao se visitar alguém que não conhecemos o gosto, levarmos frutas. No caso de um Mo Gun, as frutas ficam na mesa ancestral e também é de bom tom oferecê-las.
Estávamos ali, como no processo de um jogo de Mah Jong: Cada movimento, cada fala ... Tudo expressava de alguma forma o nosso Kung Fu. De forma invisível, e não barulhenta quanto numa mesa onde as pedras de marfim ficam batendo. Além disso, precisava estar atento ao que era culturalmente inerente ao Ving Tsun, ao Mo Lam e a cultura chinesa em geral, para não criar nenhuma situação constrangedora. Acredito, que tenhamos ido bem recebendo o Si Fu Antonio e sua esposa.

I was very impressed with the Kung Fu demonstrated by Antonio and his wife from the moment they arrived to the time they left. Once arrived, Antonio gave me some fruit for our ancestral table. I can still remember when Si Fu told me about the importance of when we visit someone who we do not know well, we offer fruit. In the case of a Mo Gun, fruits are in the ancestor´s table and is also good tone offer them.
We were there, as in the case of a game of Mah Jong: Every movement, every line ... Everything expressed somehow our Kung Fu. Invisibly, not noisy as a table where the ivory stones are hitting. Also, I needed to be aware of what was culturally inherent only in Ving Tsun, only in the Mo Lam and only in Chinese culture , not to create any awkward situation. I believe that we have done well getting the Si Fu Antonio and his wife.
Os presentes puderam ouvir muitas histórias do casal sobre passagens suas com seu Si Fu e com o próprio Grão-Mestre Pui Chan, neste incrível intercambio entre estilos. Sempre elegante em suas palavras e modo de se expressar, Si Fu Antonio deixou claro a cada frase, todo o aprendizado que obteve através da convivência. Os presentes sorriam, associando suas histórias a de nossa própria Família, tendo em vista que o que chamamos de "Vida Kung Fu", é o que mais priorizamos em nossa instituição. E por isso, todos se emocionaram em encontrar dois outros membros do "Mo Lam" que compartilhavam do mesmo processo.
Karyn L. Lai, diz em seu livro "An introduction to chinese philosophy"(2008), que uma característica proeminente da argumentação na filosofia chinesa é sua preferência por imagens, pelos exemplos, pelas analogias, pelas metáforas e pelas ilustrações sugestivas e evocativas.
Segundo ela, o objetivo de se usar tais dispositivos argumentativos não é alcançar a precisão nas descrições e explicações ou clareza na expressão. Esse uso da argumentação reflete uma preocupação para iluminar as ideias, explorar suas implicações e averiguar suas aplicações.

The participants could hear many stories of the couple on their moments with their Si Fu and the Grandmaster Pui Chan himself,trough this amazing exchange between styles. Always elegant in his words and expressing themselves, Si Fu Antonio made it clear in every sentence, all learning that got through living with his Si Fu and Grandmaster Pui Chan. The present people there smile, linking their stories to our own family, bearing in mind that what we call "Kung Fu Life", is the most prioritized in our institution. And so, all were moved to find two other members of "Mo Lam" who shared the same process.
Karyn L. Lai says in her book "An introduction to chinese philosophy" (2008), that a prominent feature of argumentation in Chinese philosophy is its preference for images, for example, by analogies, metaphors and by the suggestive and evocative illustrations.
According to her, the purpose of using such devices is not argumentative achieve accuracy in descriptions and explanations or clarity of expression. This use of argument reflects a concern to illuminate the ideas, explore its implications and verify its applications.

 Antonio terminou a visita falando da importância dessa aproximação e de nossa responsabilidade , como a geração atual de Si Fu, de levarmos adiante o trabalho das gerações anteriores.
Quando se está numa mesa de Mah Jong, você aproveita o momento , o processo e a companhia. Mas não pode se desligar do que está a sua volta, pois se não acaba perdendo. No "Mo Lam", através de formalidades invisíveis que nos permeiam junto da humanidade que nos é inerente. Somos capazes de curtir um momento como este, apreciando tudo de bom que a pessoa conseguiu receber de seu Si Fu e que nos é possível perceber. Por isso , quero agradecer a visita de Antonio e Suelen, Sr e Sra Guerreiro, que muito nos alegrou! Espero que retornem mais vezes!

Antonio finished the visit talking about the importance of this approach and our responsibility as the current generation of Si Fu, we take on the work of previous generations.
When we are on a table of Mah Jong, you enjoy the moment, the process and the company. But you can not turn off what is around you, because you will end up losing. In "Mo Lam" by invisible formalities that pervade us with the humanity that we are inherent. We are able to enjoy a moment like this, enjoying all the good that the person was able to get from his Si Fu and  we can perceive. So I want to thank the visit of Antonio and Suelen, Mr and Mrs Guerreiro, which we are very glad! I hope to return more often!


The Disicple of Master Julio Camacho
Thiago Pereira "Moy Fat Lei"
moyfatlei.myvT@gmail.com

No comments:

Post a Comment