ONDE PRATICAR

ONDE PRATICAR
Clique na imagem e conheça os Nucleos da Moy Yat Ving Tsun no Rio

Wednesday, September 2, 2015

CHINESE ART WORKS RESTORED AND MOY YAT (Trabalhos artísticos chineses recuperados)


Cambridge displays ancient Chinese banknote made from mulberry bark
A Ming Dynasty (1368–1644) banknote. [Photo/Ecns.cn]


font: China Daily

Um lote de relíquias culturais, incluindo uma nota de banco Dinastia Ming (1368-1644) publicada em 1380 está em exposição na biblioteca da Universidade de Cambridge, segundo relatórios de Xinhua .
A nota é feita a partir da casca de uma amoreira, no valor de 1.000 moedas de cobre da época. Texto sobre a nota dizem que ela poderia ser usada em todo o mundo, e que os falsificadores seriam decapitados e aqueles que os expusessem seriam recompensados em  25 oz em prata.
A universidade disse em um comunicado que as cédulas de papel foram adotadas pela primeira vez na China cerca de 4.700 anos atrás, 500 anos mais cedo do que na Europa e que foram amplamente divulgados, no século 11.
Ossos para advinhação que datam de 3000 anos, juntamente com caligrafia e pinturas antigas, também estão no show.


A batch of cultural relics including a Ming Dynasty (1368–1644) banknote issued in 1380 is on display in the Cambridge University library, Xinhua reports.
The note is made from the bark of a mulberry tree, worth 1,000 copper coins at the time. Text on the note states that it could be used worldwide, and that counterfeiters would be beheaded and those who expose them rewarded 25 oz in silver.
The university said in a statement that paper notes were first adopted in China about 4,700 years ago, 500 years earlier than in Europe and that they were widely circulated in the 11th century.
Oracle bones dating back 3000 years, together with ancient calligraphy and paintings, are also on show.

Além disso, segundo o jornal O GLOBO, em Cambridge por meio da tecnologia, uma obra de arte do século XVII está agora disponível para consulta por qualquer internauta. Trata-se do “Manual de Caligrafia e Pintura”, feito em 1633 pelo estúdio Ten Bamboo, em Nanquim, na China. Ele é apontado como o “mais belo conjunto de impressões já produzido” e o livro colorido mais antigo que se tem conhecimento em todo o mundo.

Moreover, according to "O Globo" newspaper, also in Cambridge, through technology, a seventeenth century work of art is now available for consultation by any Internet user. This is the "Calligraphy and Painting Manual", made in 1633 by the Ten Bamboo Studio, Nanjing, China. It is named as the "most beautiful set of prints ever produced" and the oldest colorful book which are known worldwide.
O “Manual de Caligrafia e Pintura” é dividido em oito categorias: pássaros, ameixas, orquídeas, bambus, frutas, rochas, desenhos e miscelânea. Mas segundo o sinólogo e Mestre de Ving Tsun Kung Fu, o mineiro Leonardo Mordente: "A tradução 'Manual de Caligrafia e Pintura' retira um pouco da poesia do nome original... Trata-se do 十竹齋翎毛譜, literalmente 'Álbum de Plumas do Estúdio dos Dez Bambus'. "Plumas" é referência a um estilo de pintura clássica em que os motivos principais são pássaros e outros animais"

The "Calligraphy and Painting Manual" is divided into eight categories: birds, plum, orchid, bamboo, fruits, rocks, designs and miscellaneous. But according to the sinologist and Ving Tsun Kung Fu Master, the brazilian Leonardo Mordente: "The translation 'Calligraphy and Painting Manual' removes some of the poetry of the original name ... This is the 竹 十 齋 翎毛 譜 literally 'Feathers album Studio of the Ten Bamboos. '"Feathers" is a reference to a classical painting style in which the main subjects are birds and other animals "



Além do manual, a coleção de obras raras chinesas,como dito acima, “ossos oraculares” de 3 mil anos de idade também ganharam versões digitais. A partir de agora, três dos 800 “ossos oraculares” guardados pela instituição podem ser vistos pela internet.
Os “ossos oraculares” são, literalmente, ossos e outros restos animais, como cascos de tartaruga, com inscrições em chinês arcaico. São os exemplares mais antigos com textos em chinês e trazem perguntas feitas para adivinhação na corte da casa real de Shang, que governou a China entre os séculos XVI e XI A.C.

 In addition to the manual, as said above , a collection of Chinese rare books, "oracle bones" of 3000 years old also won digital versions. From now on, three of the 800 "oracle bones" kept by the institution can be seen on the internet.
The "oracle bones" are literally bones and other animal remains, such as tortoise shells with inscriptions in archaic Chinese. They are the oldest copies with Chinese texts and bring questions for divination in the royal household cutting Shang, who ruled China between the sixteenth and eleventh AC


(Em 22 de janeiro de 2003, o Embaixador da República Popular da China, Sr. Zha Peixin, visitou a Biblioteca da Universidade de Cambridge com sua esposa, Madame Zhang Xiaokang, Ministro Conselheiro na Embaixada. Sr. Charles Aylmer do departamento chinês da Biblioteca é visto com os visitantes , examinando os itens da coleção chinesa.)

(On 22 January 2003 the Ambassador of the People’s Republic of China, Mr Zha Peixin, visited the University Library with his wife, Madame Zhang Xiaokang, Minister-Counsellor at the Embassy. Mr Charles Aylmer of the Library’s Chinese Department is seen with the visitors, examining items from the Chinese collection.)


"Este é o Exemplo mais antigo e fino de impressão em múltiplos núcleos em todo o mundo, com 138 Desenhos e pinturas, Com textos associados, produzidos por cinquenta artistas diferentes. Embora isso  tenha sido reimpresso várias vezes, conjuntos completos das Primeiras Edições, em encadernação original, são extremamente raros "- explicou Charles Aylmer, Diretor do Departamento de Chinês da Biblioteca da Universidade de Cambridge.

"This is the oldest and finest example of printing multi-core worldwide, with 138 drawings and paintings, with associated texts produced by fifty different artists. Although it has been reprinted several times, complete sets of the First Edition in original binding, are extremely rare "- explained Charles Aylmer, Director of the Chinese Department of the Library of the University of Cambridge.



Nosso Grande Clã Moy Yat Sang, foi muito influenciado obviamente pela veia artística de Si Taai Gung Moy Yat, que deixou claro desde o princípio para Si Gung que o Kung Fu ia muito além das chamadas "técnicas de combate" e poderia ser expressado no dia-a-dia.
Segundo meu Si Fu , Si Taai Gung Moy Yat(foto) que também era pintor, fez uma coleção chamada "Brush Strokes". Essa era uma coleção de pinturas de nudez , que é um tema que a principio não seria pensado para ser abordado por um Mestre de Kung Fu. Sempre estereotipado como alguém sério e sóbrio o tempo todo.
A brincadeira de Si Taai Gung Moy Yat também foi além , entendendo e levando em consideração que na cultura clássica chinesa, e até certo ponto na moderna, a nudez não é vista tão tranquilamente como no ocidente.

Our Great Moy Yat Sang Clan, was greatly influenced obviously by the artistic vein of Si Taai Gung Moy Yat, who made it clear from the beginning to Si Gung that Kung Fu went far beyond the so-called "fighting techniques" and could be expressed on daily life activities.
According to my Si Fu, Si Taai Gung Moy Yat (photo) who was also a painter, made a collection called "Brush Strokes". This was a collection of nude paintings, which is an issue that at first would not be thought to be approached by a Kung Fu Master. Always stereotyped as someone serious and sober all the time.
The joke of Si Taai Gung Moy Yat was also beyond, understanding and taking into account that in classical Chinese culture, and to some extent in the modern, nudity is not seen as quietly as in the West.
No filme "Herói" (Hero,2002) , por exemplo, na cena na qual o personagem de Tony Leung (Espada Quebrada) e Zhang Zi Yi (Lua) fazem sexo, muitas pessoas deixaram o cinema constrangidas ou ofendidas na China. Ainda que tudo tenha sido mostrado de forma bem poética.
Já quando "O Tigre e o Dragão" (Crouching Tiger, Hidden Dragon,2000) fora filmado, o diretor Ang Lee contratou roteiristas ocidentais para escreverem as cenas de romance

In the movie "Hero"(2002), for example, in the scene in which the character of Tony Leung (Broken Sword) and Zhang Zi Yi (Moon) have sex, many people left embarrassed or offended the cinema in China. Although it has been shown trough a very poetic form.
And when "Crouching Tiger, Hidden Dragon" (2000) was filmed, the director Ang Lee hired Western writers to write the romance scenes
Por isso, Grão-Mestre Moy Yat(photo), brincou com o termo "Brush Strokes", já que por conta da dificuldade dos chineses em falar "Brush" muitas vezes os levam a pronunciar "Blush"(vermelho) , faz uma referência a eles "ficarem vermelhos" quando vissem as obras. Então seria algo como "Blush Strokes - pinturas que deixam vermelho".
Além disso, Si Taai Gung Moy Yat, também pensou que a recompensa dele pelas pinturas, seria ver as reações dos espectadores. Enquanto estes olhavam para os quadros, Si Taai Gung olhava para eles.
Por fim, a própria palavra "stroke", mas essa você pode pesquisar..rs


So, Grand Master Moy Yat (photo), joked with the term "Brush Strokes", since because of the difficulty of Chinese speaking "Brush" often lead them to pronounce "Blush" (red), makes a reference them to "turn red" when they saw the works. Then it would be something like "Blush Strokes - paintings that let you red".
In addition, Si Gung Taai Moy Yat  also thought that the reward for his paintings, would be seeing the reactions of the spectators. As they looked at the pictures, Si Taai Gung would  look at them.
Finally, the very word "stroke"has another refference, but you will have to do your research! lol

A DISCIPLE OF 
MASTER JULIO CAMACHO (11G VT), S.M.
Thiago Pereira "Moy Fat Lei" (12G VT), Q.M.
moyfatlei.myvT@gmail.com

No comments:

Post a Comment