ONDE PRATICAR

ONDE PRATICAR
Clique na imagem e conheça os Nucleos da Moy Yat Ving Tsun no Rio

Wednesday, April 22, 2015

The Prices in the Martial Arts Practices [ O PREÇO NAS ARTES MARCIAIS ]



Em 2011, recebi do meu Si Dai, e futuro discípulo da Família Moy Jo Lei Ou, Ailton Jordão. Um presente interessante: Um livro chamado "O Poder do Tigre". Nele existem diversas histórias chinesas que nos colocam para pensar ao final da leitura. Nada muito estereotipado, mas que nos chamam realmente à reflexão.
Portanto, gostaria de compartilhar com vocês uma dessa histórias, para que possamos entrar no tema de hoje: Os Preços nas Artes Marciais.

In 2011, I received from my Si Dai, and future disciple of Moy Jo Lei Ou Family, Ailton Jordao. An interesting gift: A book called "The Power of the Tiger". In it there are several Chinese stories that put us to think in the end of the reading. Nothing too stereotypical, but that really call us to reflection.
So, let me share with you a story that, so we can get in today's topic: The prices in the Martial Arts.

"El Poder del tigre"(2008)
Analia L'Abatte e Karina Qian Gao
V&R Editoras
'A NOTA MUSICAL'

"Certa vez um funcionário disse ao rei de um pequeno país que um cantor que dava concertos na praça central havia chegado. E ele pôde apreciar uma de suas apresentações. Disse, que o musico começou entoando canções muito populares , que os espectadores podiam acompanhar com facilidade. Porém a medida que o concerto transcorria, a musica ia se tornando mais complexa, e o publico já não gostava tanto, porque não podiam acompanhar. 
No final , apenas algumas pessoas permaneciam assistindo e apreciando, mas as canções não eram menos deliciosas porque eram menos os espectadores. 
Com as pessoas ocorre o mesmo : Algumas têm idéias que não são compreendidas por todos, mas nem por isso deixam de ser boas pessoas e válidas e interessantes suas idéias. Se o que fazemos é único , mesmo que a maioria não nos siga e recebamos criticas, ainda assim podemos estar fazendo algo que valha a pena. 
Ou seja, a capacidade de adotar novas idéias, de desafiar - rotineiramente - as idéias antigas e de viver com o paradoxo é a principal caracteristica dos líderes."

"El Poder del tigre" (2008)
Analia L'Abbate and Karina Qian Gao
V & A Publishing
'A MUSICAL NOTE'

"Once an official told the king of a small country that a singer who gave concerts in the central square had come. And he might enjoy one of his performances. He said that the musician began singing popular songs that viewers could follow up with ease. But the as the concert wore on, the music was becoming more complex, and the public no longer loved so much, because they could not keep up.
In the end, only a few people were still watching and enjoying, but the songs were no less delicious because they were less viewers.
With people is the same: Some have ideas that are not understood by everyone, but by no means cease to be valid and good people and interesting ideas. If what we do is unique, even if most do not follow us and receive criticism, we may still be doing something worthwhile.
That is, the ability to adopt new ideas, to challenge - routinely - the old ideas and to live with the paradox is the main characteristic of leaders. "

O PREÇO NAS ARTES MARCIAIS
The Prices in the Martial Arts Practices

(Si Gung visita o Núcleo Méier pela primeira vez)
(Si Gung visits the MYVT Meier School for the very first time)

Estava voltando do Núcleo Méier no meu carro, ouvindo uma estação de rádio de músicas populares. Num certo momento, o locutor deu a agenda dos shows no Rio de Janeiro no final de semana seguinte. Porém, ele fez um parentese que me chamou a atenção: " Então vamos ter vários DJ´s nesta festa linda no Sábado! Queria aproveitar pra falar que você, imbecil , que pensa que trabalha de DJ, e aceita qualquer trabalho por qualquer 50 reais. Saiba que você não é DJ! Você está desvalorizando o trabalho dos profissionais sérios e desequilibrando o mercado."

I was returning from MYVT Meier School  in my car, listening to a popular music radio station. At one point, the announcer gave the schedule of shows in Rio de Janeiro for the next weekend. But he made a parenthesis that caught my attention: "So we have several DJs in this beautiful party on Saturday. But I wanted to talk to you, asshole ,who thinks is a DJ, and accept any work for any US$ 20,00 . Know that you are not a DJ! you are devaluing the work of serious professionals and unbalancing the market. "

Quando Si Gung(foto) adentrou o Nucleo Méier a primeira vez, soube que a "Brincadeira havia ficado séria". Não que já nao estivesse, mas o peso de sua presença me trouxe essa consciencia. Desde então, estamos ha cinco anos neste Mo Gun. Uma luta diária para criar uma ambiência adequada aos praticantes, com um espaço exclusivo à prática do Ving Tsun e nada mais além disso. Bem como, manter as portas abertas num país onde infelizmente , as artes marciais ainda são vistas como um trabalho de segunda categoria , um hobby ou um passatempo. 
Geralmente culpamos nosso país e nossos governantes, mas aqui levanto a questão da possibilidade dos causadores dessa visão da sociedade para com as artes marciais não ser culpa de alguns ditos profissionais. Assim como o locutor da rádio chamou algumas pessoas de "ditos Dj's'...

When Si Gung (photo) entered the MYVT Meier School for the first time, I knew that the "Play has ended." Not that already was not a serious work, but the weight of his presence brought me that awareness. Since then, we are five years here. A daily struggle to create a proper ambience to practitioners, with a unique space to the practice of Ving Tsun and nothing else. As well, keep the doors open in a country where unfortunately, the martial arts are still seen as a second-rate work, a hobby or a pastime.
Usually we blame our country and our leaders, but here raise the question of the possibility of causing this vision of society towards the martial arts not be the fault of some 'professionals'. Just as the announcer of radio called some people "so called Dj's' ..
Segunda visita de Si Fu ao Núcleo Méier
(Si Fu visits the MYVT Meier School for the second time)

Muitas vezes para ganharem um trocado a mais, algumas pessoas começam a transmitir indiscriminadamente a sua arte em qualquer lugar, por qualquer valor...  Isso cria na pessoa que procura um local para a prática, uma idéia de que você está cobrando muito caro. Obviamente, a pessoa que procura, não precisa saber do aluguel, da luz, do condomínio e de tantos outros gastos necessários para se manter um espaço decente aberto. O problema é que o padrão acaba sendo estabelecido por estas pessoas sem responsabilidade com o mercado e que vão trabalhar nisso até que percam a vontade. Deixando pessoas que investiram tempo, a ver navios...

Often to make an extra money, some people begin to indiscriminately transmit their art anywhere, for any value ... This creates the person looking for a place to practice, an idea that you are charging too much. Obviously, the person looking for, do not need to know the rent, light, condominium and many other expenses needed to maintain a decent open school. The problem is that the standard has just been established by these people without liability to the market and will work on it until losing the will. Leaving people who have invested time, out in the cold ...
(Inauguração oficial do Nucleo Méier)
(MYVT Meier School Grand-Openning)

Falar em "mercado" ao se referir as artes marciais no Brasil, soa como um sacrilégio para alguns. Isso porque, as pessoas tem a visão do filme, do Sr Miyagi, que transmite a arte sem cobrar nada. Porém, o que poucos se perguntam, é de que vivia o Sr Miyagi.
Para que seu Tutor ou Mestre não seja apenas alguém que chega correndo para dar uma aula de uma hora no final do dia , e sim alguém dedicado a transmitir a arte de forma profissional e que dê o devido valor ao legado que transmite, ele vai precisar de recursos. 

To speak of "market" when referring martial arts in Brazil, sounds like sacrilege to some. This is because people have the vision from the movies, like  Mr Miyagi, which transmits the art without charge. But what few wonder, is how Mr Miyagi did his living?.
For your Tutor or Master being not just someone who comes running to give a one-hour class at the end of the day, but someone dedicated to transmitting the art professionally and to give due weight to the legacy that passes, it will need resources.
(Si Fu entrega para mim uma camisa que lhe foi dada por Grão Mestre Moy Yat em meu aniversário)
(Si Fu gives to me a shirt given to him by Late Grand Master Moy Yat on my birthday)

Como na história do cantor que deixava as melodias mais complexas e as pessoas iam abandonando o show do trecho do livro "O Poder do Tigre" escrito acima. Saiba , que se você pretende ser um profissional comprometido e que valoriza o seu trabalho, valoriza o investimento que você mesmo fez em sua prática ao longo dos anos, e tenta mudar o paradigma do mercado de artes marciais no Brasil. Entenda que muitas pessoas não vão entender o valor que você dá ao que faz, e principalmente a elas. Ou seja, que você está se dedicando a trazer uma ambiência e um profissionalismo por essas pessoas. Nem todos, vão entender suas notas musicais, mas nem por isso, você precisa ser o "Dj imbecil que trabalha por 50 reais" como disse o locutor da rádio.
Não desvalorize o mercado, não desvalorize o seu próprio investimento na arte , não desvalorize o sonho da pessoa que te procura. Seja profissional.
Se você quer entender mais sobre como abrir uma escola de artes marciais e mantê-la assista o episódio "Como abrir uma Escola de Kung Fu" do programa "Cultura Kung Fu" (CLIQUE AQUI)

Like the story of the singer that made more complex songs and people were leaving the concert excerpt from the book "The Power of the Tiger" written above. Know, that if you want to be committed and value your work as a real professional, value the investment that you made in your own practice over the years, and tries to change the paradigm of martial arts market in Brazil. Understand that many people will not understand the value you give to what you do, and especially to them. That is, you are devoting to bring an ambience and professionalism for these people. Not everyone will understand its musical notes, but  you also dont have to be the "jerk Dj" working for US$ 20,00, as the announcer of radio said.
Do not devalue the market, not devalue your own investment in the art, not devalue the dream of the person who searches for it. Be professional.
If you want to understand more about how to open a martial arts school and keep it. Watch the episode "How to open a Kung Fu School" from the "Kung Fu Culture" program (CLICK HERE)
Um Discípulo de Mestre Julio Camacho
Thiago Pereira
Diretor do Núcleo Méier da Moy Yat Ving Tsun
moyfatlei.myvt@Gmail.com

A disciple of Master Julio Camacho
Thiago Pereira
Director of Moy Yat Ving Tsun Meier School
moyfatlei.myvt@Gmail.com

No comments:

Post a Comment