ONDE PRATICAR

ONDE PRATICAR
Clique na imagem e conheça os Nucleos da Moy Yat Ving Tsun no Rio

Thursday, July 10, 2014

REVIEW IP MAN: THE TV SERIES!!! (REVIEW DA NOVELA DE IP MAN!!!)


(Com Si Fu em sua antiga residência na Rua Xingu em Jacarepaguá - Janeiro de 2011)
(With Si Fu at his former apartamente in Xingu Street in Jacarepagua neighborhood in RIo - January.2011)

Certa vez estava sentado com o Si Fu num restaurante da Rua Xingu no bairro de Jacarepaguá próximo a sua antiga residência numa noite de Terça-feira em 2010 . Estavamos conversando sobre aspectos profissionais relacionados ao meu outro emprego. Si Fu em determinado momento disse que seu maior patrimônio é a Familia Kung Fu : “... Pereira, meu maior patrimônio é a Familia Kung Fu . Se eu precisar de alguma coisa, eu posso pegar o telefone e sei que vai ter alguém que poderá me ajudar...”
Com o tempo, em primeira pessoa vi ao lado de Si Fu que realmente você pode contar com a Família Kung Fu. Nem sempre com quem você imaginava ou da forma que você imaginava. Talvez, aquela pessoa que você menos esperava, seja aquela que vai se apresentar quando a barra pesar. Por isso, eu que comecei profissionalmente a pouco tempo e represento o Si Fu como Daai Si Hing na Zona Norte do Méier na mesma quantidade de tempo, lembrei recentemente dessa história, porque recebi gentilmente de meu irmão KF mais novo Ailton Jordão(foto ao lado), os episódios da novela de Ip Man que foi exibida na TV chinesa em 2013. Ou seja, tive acesso a algo espontaneamente através de um irmão Kung Fu. Em menor escala, pude vislumbrar uma centelha do que Si Fu falou naquela noite à mesa.

I once sat with Si Fu in SOME Xingu Street restaurant in Jacarepaguá near his former home on someSi Fu said at one point that his greatest asset is the Kung Fu Family "... Pereira, my greatest asset is the Kung Fu Family. If I need something, I can pick up the phone and know I will have someone who can help me ... "
With time,I saw he could really count on the Kung Fu Family. Not always who you thought or the way you imagined. Maybe that person you least expected it, is one that will perform when the things go wrong. So I began to professionally represent him as the Dai Si Fu Hing in the North Zone of Rio in Meier area .In the same amount of time, has recently reminded of this story because my Kung Fu brother  ,Ailton Jordao(photo above),gave me the  episodes of Ip Man TV Series that was exhibited on Chinese TV in 2013. Ie had access to something spontaneously through a Kung Fu brother. On a smaller scale, I could glimpse a spark of what Si Fu spoke that night at the table.

RESENHA NOVELA IP MAN

No início dos anos 2000, Si Gung estava ministrando um seminário no antigo Núcleo Jacarepaguá sobre Siu Nim Tau, e ao final do segundo dia ele exibiu um VCD do Si Hing de Grão-Mestre Moy Yat, Grão-Mestre
Chu Shong Ting*(foto) fazendo o Siu Nim Tau num encontro de praticantes de Ving Tsun. 
Naquele momento, lembro de ter pensado sobre a origem daquele material, já que na época, as coisas não ficavam tão facilmente disponíveis na internet.
Na verdade, Si Gung sempre teve acesso a muitos materiais exclusivos do mundo das artes marciais. Muitos, foram presentes e lembranças que recebeu de seus To Dai e Dai Ji (alunos e discípulos) , de seus Si Hing e inclusive de seu Si Fu.
Ano passado, enquanto fazia o traslado de carro com Si Gung e Si Sok Paul Liu entre a Casa dos Discípulos e meu restaurante japonês preferido em SP na hora do almoço. Si Gung falou algo muito interessante sobre o profissional de Ving Tsun: “...Então Thiago, o que é importante? Você perceber que muitas vezes não é o caso de você se ver como alguém que é remunerado. Mas muitas vezes você vai ser o caso de você ser premiado pelo seu trabalho...”

IP MAN NOVEL REVIEW 

In the early 2000s, Si Gung was leading a seminar at the old MYVT Barra Branch about Siu Nim Tau, and at the end of the second day he exhibited a VCD of the Si Hing of Late Grand Master Moy Yat, Grandmaster Tsui Shong Ting  doing Siu Nim Tau a meeting of practitioners of Ving Tsun. 
At that moment, I remember thinking about the origin of that material, since at that time, things were not so easily available on the internet. 
Indeed, Si Gung always had access to many unique materials in the world of martial arts. Many were gifts and souvenirs he received from his To Dai and Dai Ji (pupils and students), his Si Hing and including his Si Fu. 
Last year, while was in the car with Si Gung and Si Sok Paul Liu between the House of Disciples and my favorite Japanese restaurant in Sao Paulo city at lunchtime. Si Gung said something very interesting about the professional world of Ving Tsun: "Thiago ... So, what is important? You realize that it is often not the case you see yourself as someone who is paid. But you will often be the case of you being rewarded for your work ... "




A Novela:

Eu sou um grande noveleiro. Minha novela preferida como já disse aqui certa vez é “Quatro por Quatro” (TV Globo – 1994). Eu também gosto muito da novela “Renascer” (TV Globo -1993).
As novelas brasileiras, ainda que muitas vezes criticadas, tem uma inegável produção de primeiro mundo. A cenografia e figurino das novelas são incríveis. O que acaba sendo uma pena, pois nem sempre a história segue a qualidade desse entorno. Que o diga “Salve Jorge” (TV Globo -2012).
Indo na direção contrária, as novelas chinesas como “Ip Man”. Tem meia dúzia de cenários . e muitas das cenas são feitas através de tomadas externas ou que aproveitam sítios históricos da cidade onde a novela está sendo gravada.
À primeira vista, você se sente assistindo uma novela de baixo orçamento, mas então você percebe com o tempo, a qualidade dos diálogos , das tramas e de alguns atores.
Em novelas de Kung Fu, com raras exceções pelo que já vi, o ator principal geralmente é o pior de todo o elenco. Digo isso, pois fui obrigado a aturar o cantor pop e ator(ou não) Nicolas Tse ,interpretando muito mal “Leung Bik” na novela “Wing Chun” de 2007. E vou morrer repetindo isso!
Desta vez o mesmo acontece: O ator mais fraco da trama é exatamente aquele que interpreta Ip Man (Kevin Cheng) em seguida vem sua esposa Cheung Wing Sing (Cecilia Han ).
Meu destaque vai para o personagem Lin Qingshan  em sua versão mais velha, interpretado magistralmente pelo ator (Lin Qingshan).

THE PLOT OF THE SHOW:

I love soup-operas!!! My favorite soap as I said once here is "Four by Four" (TV Globo - 1994). I also really like the novel "Rebirth" (TV Globo -1993). 
Brazilian telenovelas, yet often criticized, has an undeniable production from the first world. The set design and costumes are amazing. What ends up being a shame because the story does not always follow the quality of the production. 
Going in the opposite direction, Chinese soup-operas like "Ip Man". It has half a dozen scenarios. and many of the scenes are made through external or enjoying historical sites of the city where the soup-opera is being recorded. 
At first glance, you feel watching a low-budget soup-opera, but then you realize over time, the quality of the dialogues, the plots and some actors. 
In Kung Fu soup-operas, with rare exceptions for what I've seen, the main actor is usually the worst of the entire cast. I say this because I was forced to watch the pop singer and actor (or not) Nicolas Tse, playing very badly "Leung Bik" in the  "Wing Chun" 2007. 
This time the same thing happens: The weakest actor of the plot is exactly the one who plays Ip Man (Kevin Cheng) then comes his wife Cheung Wing Sing (Cecilia Han ). 
My focus is on the character Lin Qingshan ..... in his older version, masterfully played by actor (Lin Qingshan).


(Poster japonês da novela)
(Japanese Poster of the TV SHOW!)

A novela Ip Man é bem dinâmica, com alguns “plot-twists” no roteiro que você nunca esperaria. Realmente, a questão da estratégia, é o ponto alto da novela. Não importa o quão forte você é como artista marcial: Sem um pensamento estratégico você é engolido nesta trama pelos personagens mais astutos.
Surpreendentemente, Ip Man começa a trama aprendendo um outro estilo de Kung Fu. O Ving Tsun surge posteriormente na trama como algo muito especial.
Além disso, a trama se passa num período histórico da China de muita turbulência, que foi a virada do século 19 para o 20 e os anos que se seguiram. Em alguns momentos, chega a surpreender como o autor aborda alguns temas delicados de forma tão explicita.
Uma cena muito bacana é quando o ainda inocente Ip Man vislumbra pela primeira vez um mapa-múndi. Ele questiona seu amigo de infância, que agora trabalha para um senhor da guerra em Guangzhou, como pode a China tão enorme, ter sido subjugada pela minúscula Inglaterra. Seu amigo então aponta com uma vara, todos os territórios pertencentes ao Império Britânico à época, mostrando a Ip Man que a visão dele é muito limitada. Pois com tantos territórios (colônias) no Ocidente e Oriente, “O sol nunca se põe no Império Britânico”.

The Ip Man TV Show is very dynamic, with some "plot-twists" in script you'd never expect. Indeed, the question of strategy is the high point of the show. No matter how strong you are as a martial artist: No strategic thinking you are engulfed in this plot by the most cunning characters. 
Surprisingly, Ip Man begins to  learning another style of Kung Fu. The Ving Tsun comes later in the plot as something very special. 
Moreover, the plot takes place in a historical period of great turmoil in China, it was the turn of the 19th to the 20th century and the years that followed. In a few moments, hardly surprising as the author discusses some sensitive issues so explicitly. 
A very nice scene but also innocent was when Ip Man sees for the first time a world map. He asks his childhood friend, who now works for a warlord in Guangzhou: "How China being so huge, have been overwhelmed by tiny England?'. His friend then pointing with a stick, all territories belonging to the British Empire at the time, showing Ip Man that his view was very limited. Because with so many territories (colonies) in East and West, "The sun never sets on the British Empire".

(Mestre Felipe Soares, Mestre Leo Imamura e Grão-Mestre Pete Pajil no Museu da Ópera Cantonesa, olhando a maquete de sua antiga sede)
(Master Felipe Soares, Master Leo Imamura and Grand-Master Pete Pajil looking to the miniature of the old headquarters of the cantonese opera)
As raízes:

Segundo é contado através das gerações em nossa Linhagem. Leung Bok To, foi o marido de Yim Ving Tsun, a mulher a qual atribuímos a fundação do Sistema Ving Tsun.
 Ele era um grande fã  da Ópera Cantonesa (que por favor: Nada tem a ver com Ópera Italiana!!!) e sempre assistia suas apresentações.
A Ópera Cantonesa , itinerante no sul da China, circulava utilizando-se dos rios. A trupe e colaboradores sempre viajavam em dois barcos. Um chamado “Céu” e o outro “Terra”.
A Ópera Cantonesa faz dois tipos de apresentações: Man  e Mo  . Apresentações “Man” são compostas de espetáculos que valorizam personagens, diálogos e situações mais escolásticas. Enquanto que apresentações “Mo ” Contemplam personagens, diálogos e situações voltadas para a marcialidade.
Outras apresentações, reuniam um pouco de cada.
Dentre as duas possibilidades, o personagem mais famoso é o General Gwaan Gun. Ele, que compunha as apresentações de natureza “Mo” era o papel mais importante na maioria das vezes. E o ancestral de nossa Linhagem, Wong Wa Bo, o interpretou durante sua carreira na Ópera.
Como tudo na Cultura Chinesa, a Ópera Cantonesa em suas apresentações, tinha a sua expressão objetiva e o “Kung Fu” demonstrado de forma subjetiva.

The roots: 

Second is told through the generations in our lineage. Leung Bok To, was the husband of Yim Ving Tsun, the woman to which we ascribe the foundation of Ving Tsun. 
  He was a big fan of Cantonese Opera (which please:! Has nothing to do with Italian Opera) and always watched their presentations. 
The Cantonese Opera, used to travel in southern China, floating using the rivers. The troupe employees were always traveling in two boats. One called "Heaven" and the other "Earth". 
The Cantonese Opera makes two types of presentations: Man  and Mo . Presentations "Man"  were comprised of shows that value characters, dialogues and more scholastic situations. While presentations "Mo" They used to feature characters, dialogues and situations facing the martial arts. Other presentations, gathered a little of each. 
Of the two possibilities, the most famous character is the General Gwaan Gun. He, who composed the presentations of nature "Mo"  was the most important role in most cases. And what of our ancestral lineage, Wong Wa Bo, interpreted during his career in Opera. 
Like everything in Chinese Culture, Cantonese Opera in their presentations, had its objective expression and the "Kung Fu" demonstrated subjectively.


Segundo o Professor Pei Min Ni(foto) da Grand Valley State University em Michigan(EUA). O kung fu permite perceber a união do homem à ação de uma maneira que a ação humana não é tratada meramente como um resultado de escolhas racionais ou procedimentos técnicos, mas como resultado do cultivo humano.
Si Gung diz que o Professor Ni  explica que um mestre de kung fu faz boas escolhas e usa efetivamente seus recursos com base na sua pessoa como um todo, incluindo seus sentimentos, e que sua excelência é manifestada não só pelas consequências da ação, mas também pelo estilo artístico que é realizado. E dessa forma os atores da Ópera se apresentavam, e eram percebidos por aqueles com olhar mais aguçado.
Assim como a Ópera Cantonesa, são as novelas chinesas e particularmente a de “Ip Man” que é o tema aparente desta postagem.  Pois quando você embarca na dimensão kung fu do roteiro, e entende que culturalmente a sociedade chinesa acostumou-se as artes marciais em espetáculos teatrais como os da Ópera. O cenário não é tão importante, mas sim o que há de imanente em cada cena. E com poucas exceções, posso afirmar que a novela “Ip Man” está recheada desses momentos. Vale a pena conferir!

According to Professor Ni Peimin from Grand Valley State University in Michigan in US, kung fu allows to realize the union of man to action in a way that human action is not treated merely as a result of rational choices or technical procedures, but as a result of human cultivation . 
Si Gung says Professor Ni explains that a kung fu practitioners make good choices and effectively uses their resources based on their whole person, including their feelings, and their excellence is manifested not only by the consequences of the action, but also the artistic style that is performed. And so the actors from the Opera presented themselves, and were perceived by those with sharper look. 
Just as the Cantonese Opera are Chinese soup-operas, and particularly "Ip Man" is the apparent theme of this post. For when you embark on the kung fu script size, and believes that culturally Chinese society has become accustomed to martial arts in theater shows such as the Opera House. The setting is not as important, but what is immanent in every scene. And with few exceptions, I can say that the "Ip Man" soup-opera is full of these moments. Worth checking out!

(Si Fu serve chá a Chu Shong Ting, ladeado por Si Taai Po Helen Moy e outros membros do grande Clã Moy Yat, quando o conheceu em 2009)
(Si Fu serves tea to Chu Shong Ting sided by Si Taai Po Helen Moy and other members of the great Moy Yat Clan. When met him for the very first time)

Finalmente, anos depois, começo a entender de onde veio aquele VCD de Si gung no início dos anos 2000, e tantos outros materiais raros. Eles virão muitas vezes de pessoas que você se dedica, e que vão premiar você, não através de presentes, mas da constante lembrança de você em seus corações. De forma , que mesmo durante férias, você seja lembrado por alguma razão.  E que graças a isso, você poderá ter acesso ao conhecimento não só através dos objetos mas do conhecimento de cada um que você convive na Família e que vem até você compartilhar o que aprendeu ou está aprendendo....

Finally, years later, I begin to understand where came the VCD Si gung in the early 2000s, and many other rare materials. They often come from people who you are dedicated, and they will reward you, not through gifts, but the constant reminder of you in their hearts. So that even during holidays , you will be remembered for some reason. And that because of this, you can have access to the knowledge not only through objects but from the knowledge that each of you live in the family that comes up to you and share what they have learned or are learning ....
Assista abaixo a abertura da novela: Watch below the Openning of the show:


THE DISCIPLE OF MASTER JULIO CAMACHO
Thiago Pereira "Moy Fat Lei"
moyfatlei.myvt@Gmail.com

No comments:

Post a Comment