ONDE PRATICAR

ONDE PRATICAR
Clique na imagem e conheça os Nucleos da Moy Yat Ving Tsun no Rio

Friday, June 15, 2012

SI SOK ANDRÉ TALKING ABOUT "TIME"(Si Sok André fala sobre "Tempo") - New Legends of Kung Fu Masters

Esses aí na foto somos eu e minha irmã em 1991. É a unica foto que tenho aqui de bicicleta para ilustrar este post. Na verdade sempre gostei muito de bicicleta para me locomover. Dirijo muito mal, e no fundo não tenho muita paciência para engarrafamentos. Por isso, sinto falta de quando conseguia resolver tudo na minha semana, com apenas uma bicicleta. Inclusive, ir para o Ving Tsun...

Those pictured here are me and my sister in 1991. It's the only picture I have here with a bicycle to illustrate this post. Actually I always enjoyed cto get around with bikes . I drive very badly, and I do not have much patience for traffic jams. So, I miss when I could do everything in my week, with only a bicycle. Also, go to the Ving Tsun ...
NEW LEGENDS OF KUNG FU MASTERS: 
SI SOK ANDRÉ FALA SOBRE "TEMPO".
new legends of kung fu masters:
si sok andre' talks about "time".

Na foto ao lado, vemos a entrada do antigo Núcleo Jacarepaguá. Lá na porta está Si Mo no final de 1999 pintando a porta. Foi nesse Mo Gun que fui admitido na Família Kung Fu, e como era relativamente perto da minha casa e eu não passava de um adolescente, ou ia a pé ou de bike.


No canto esquerdo dessa entrada, era onde prendia minha bicicleta. Ou subia com ela até metade da escadaria e deixava ela lá.


In the photo alongside, we see the entrance to the old MYVT  Jacarepaguá Branch. There is at the door Si Mo in late 1999  painting the it.  Was at this Mo Gun that I was admitted to the Family , and as it was relatively close to my house and I was just a teenager, I used to go on foot or by bike.


In the left corner of this entry, where was I used to holding my bike. Or climbed with her up to half of the stairs and left her there ..












(eu e Si Sok André na praia em 2004: No chance!)
(2004: Me and Si Sok Andre - No chance against this man!)

François Julien, escreveu em seu livro sobre o Pensamento Chinês,Tratado da Eficácia, que o sábio, ele não ensina nem impõe para ser seguido. Na verdade, pelo simples fato dele "sempre estar lá", dele sempre cumprir com suas obrigações , dele sempre manter-se dentro daquilo no que se comprometeu, ele começa a influenciar tudo ao seu redor, inclusive as pessoas, pelos simples fato de não "faltar" com elas. E Si Sok André era assim, talvez você pratique a vida toda Ving Tsun e não conheça um cara tão incrível quanto ele. Bem, eu tive essa sorte...

Francois Julien, wrote in one of his books about Chinese Way, that the wise man , he does not teach or require to be followed. In fact, the simple fact that he will "always be there," he always comply with his obligations, he always keeps what  that he is committed to, it begins to affect everything around him, including people, by the simple fact of not "miss" with them. And Si Sok Andre was so, maybe you practice Ving Tsun your whole life and not know a guy as amazing as him. Well, I had this luck ...
(na foto em momento de descontração numa tarde de Sábado, Fernando Xavier(esquerda) simula dar um golpe fatal em Gil Batista em pleno Mo Gun em 2003..rs)

(in the photo above, Fernando Xavier(çeft) simulates a fatal hit on Gil Batista at the old MYVT Branch in Jacarepagua neighborhood)

Na foto acima, vemos dois grandes amigos meus na Família Kung Fu: Fernando Xavier, que começou junto comigo. E Gil Batista, que estudou comigo durante o ginasial e depois ingressou na Familia. Certa vez, estavam tendo obras no Mo Gun, estava tudo de pernas pro ar. Eu sabia que toda a ajuda era necessária, mas mesmo assim não me interessava, dentro de minha visão limitada, participar de nada que não fosse a prática. Porém, numa noite de 2003, eu passava com minha bicicleta em frente ao Mo Gun de Jacarepaguá e vi o Si Sok André pela janela e resolvi subir. Quando cheguei lá, estavam os 3: Ele, Xavier e Gil.


Comecei a conversar com Xavier e Gil por quase 40 minutos sobre minhas "Ultimas aventuras" e mesmo reparando que por varias vezes Gil parava o que estava fazendo de maneira meio desconfortavel para me ouvir, e que o Xavier nem parou, apenas fazia um comentário engraçado as vezes, eu continuava falando.


E aí, sem ter ajudado, e ainda ter falado sem parar, eu disse: "Gente, tô indo lá!"
E foi quando Si Sok André pediu pra conversar comigo...


In the photo above, we see two great friends of mine in the Family: Fernando Xavier, who started with me. And Gil Batista, who studied with me during high school and then joined the Family. Once We were rebuilding the Mo Gun, everything was upside down. I knew all help was needed, but still did not interest me, within my limited vision at the time,I would not participate in anything that was not the practice. However, one evening in 2003, I was riding with my bike in front of the  Mo Gun in Jacarepaguá and saw Si Sok Andre by the window and decided go upstairs. When I got there, were the three: Him, Xavier and Gil.


I started talking to Xavier and Gil for nearly 40 minutes about my "Last Adventures" and even several times by noticing that Gil stopped what he was doing so through uncomfortable to listen to me, and that Xavier did not stop, just made ​​a funny comment sometimes, I kept talking.


And then, without helping them in nothing, and also have talked non-stop, I said, "Guys, I'm going !"
And that was when Si Sok Andre asked to talk to me ...

(Em 2004 : Si Sok Felipe, eu e Si Sok André - manhã de Domingo no antigo prédio do Si Fu.)
(At the old Si Fu building in 2004: Si Sok Felipe, me and Si Sok André)

Si Sok André me levou até um canto próximo ao vestiário, se apoiou na parede com uma das mãos e disse:

-Você viu o que aconteceu Thiago?
-Não . - respondi depois de um tempo pensando.
-Você veio aqui, viu que tinha trabalho pra caramba a ser feito, não ajudou e ainda atrapalhou o Gil e o Xavier que estavam trabalhando. - disse Si Sok em tom de preocupação.
-É...
-Thiagão, nosso tempo é muito curto, a gente não pode desperdiçar como você acabou de fazer. Você ficou quanto tempo aqui? 1 hora ? - indagou ele interrompendo sua reflexão.
- 40 minutos. - respondi
-Então? Você perdeu esses 40 minutos. Thiagão, você precisa prestar mais atenção em como está usando o seu tempo. Não é a primeira vez que isso acontece. Mas se você mesmo assim não quiser prestar atenção nisso, pelo menos não roube o tempo dos outros, como você fez com o Gil agora. Tudo bem?
-Tudo. - respondi, apertei a mão dele e desci as escadas.

Si Sok Andre took me to a corner near the locker room, leaned against the wall with one hand and said:


-You saw what happened Thiago?
-No. - I Said after a while thinking.
-You came here, saw that damn work to be done, and still did not help  Gil and Xavier who were working. - Si Sok said in a tone of concern.
-yeah ...
-Thiagão("Big thiago" my nickname at the time), our time is very short, we can not waste as you just did. How long you stayed here? one hour? - He asked interrupting his reflection.
- 40 minutes. - I said
-You see?you have lost those 40 minutes. Thiagão, you need to pay more attention to how you are using your time. It is Not the first time it happens. But if you still do not want to watch it, at least not steal other people's time, as you did with Gil now. Okay?
-Yeah. - I said, I shook his hand and went downstairs.

9 anos se passaram desde essa conversa. Tenho certeza que se tivesse participado da obra, não teria tido essa tomada de consciência quanto quando a atrapalhei. Nesse momento, não vejo mais nenhum Si Hing ou Si Sok parando para dizer isso a mim. Talvez seja muito mais meu papel fazer isso agora com os demais. 

Mas continua sendo muito difícil não desperdiçar o tempo. O que será que você está fazendo com o seu agora?

9 years have passed since that conversation. I'm sure if I had participated in the work, I would not have had this awareness as when I did this mess. At this point, I do not see any more Si Sok or Si Hing stopping to sayvsomething like that to me. Maybe now, its my duty to do that  with the young ones.


But it remains very difficult to not waste time. I wonder what you are doing with yours now?


THE DISCIPLE OF MASTER JULIO CAMACHO
Thiago Pereira, "Moy Fat Lei"
moyfatlei.myvt@gmail.com


1 comment:

  1. Sempre complicado gerenciar o tempo. Vivemos valiosas lições em Jacarepaguá. Impossível para mim conter a emoção ao ver imagens daquele tempo.

    ReplyDelete