ONDE PRATICAR

ONDE PRATICAR
Clique na imagem e conheça os Nucleos da Moy Yat Ving Tsun no Rio

Wednesday, November 23, 2011

INTERVIEW WITH MASTER FABIO GOMES,PART 1(ENTREVISTA COM MESTRE FABIO GOMES:PARTE 1)

Hoje o Blog do Pereira retorna com uma de suas colunas mais queridas: o
MO GUN ALL STARS.

Nesta coluna, você tem a oportunidade de conhecer mais sobre praticantes e Mestres da Moy Yat Ving Tsun com histórias distintas ,com as quais você pode muitas vezes se identificar.
Ademais, através de fotos históricas, você sempre fará uma viagem pela história da própria Moy Yat Ving Tsun.

Para este retorno, o Blog teve a honra de entrevistar Mestre Fabio Gomes.
Este discípulo de Mestre Leo Imamura, resolveu tomar para si o desafio de adaptar a lógica do Ving Tsun as necessidades de Forças de Operações Especiais.

Conheça um pouco mais do incrível trabalho de Si Sok Fabio Gomes.

Today The Peartree´s Blog returns with one of his most beloved columns: the MO GUN ALL STARS.
In this column, you have the opportunity to learn more about practitioners and teachers of the Moy Yat Ving Tsun with different histories, with which you can often be identified.
Moreover, through historical photographs, you will always be in a journey through the history of  own Moy Yat Ving Tsun.

For this return, the blog had the honor of interviewing Master Fabio Gomes.

This disciple of Master Leo Imamura, decided to take up the challenge of adapting the logic of the Ving Tsun for the needs of Special Operations Forces in Brazil.

Learn a little more of the incredible work of Si Sok Fabio Gomes.




(Entre seu Si Fu Leo Imamura e sua Si Mo Vanise Imamura) 
(Between his Si Fu Leo Imamura and his Si Mo Vanise Imamura)

BLOG DO PEREIRA: Como você começou a prática do Ving Tsun? E por que.

Fabio Gomes:Eu cheguei a praticar outras Artes Marciais, estava em busca de um estilo que ajudasse em meu processo de autoconhecimento. Quando encontrei o Ving Tsun, me identifiquei de imediato. Ingressei na Família Kung Fu em 1° de novembro de 1994.

PEARTREE'S BLOG: How did you start practicing Ving Tsun? And why.

Fabio Gomes: I  practice other martial arts, but I was looking for a style that would help in my process of self-knowledge. When I found the Ving Tsun, I identified immediately. I joined the Kung Fu Family  on 1 November 1994.


(Foto tradicional "Si Fu-To Dai": São Paulo)
(Sao Paulo,Brazil: Traditional Photo: "Si Fu-To Dai")

BLOG DO PEREIRA: Como foi o primeiro encontro com seu Mestre, Sr Leo Imamura?

FABIO GOMES:Confesso que não lembro exatamente como foi o primeiro encontro, mas me recordo da impressão que tive no período dos primeiros contatos com ele. A cada momento de convivência, seja a distância ou pessoalmente, podia perceber de forma gradativa o potencial da relação Mestre-Discípulo.

Em minha opinião, a energia da presença dele vai além da pessoa “Leo Imamura”, pois está impregnada com as dos ancestrais do Sistema Ving Tsun, tornando cada momento realmente significativo.

O Ving Tsun não se manifesta sozinho, ele precisa de uma pessoa para fazer esta interface, isso faz com que o respeito e a admiração que sinto pelo meu Mestre se tornem cada vez mais fortes, pois tudo isso só é possível graças a dedicação constante dele para com o Sistema.

PEARTREE'S BLOG: How was your first meet with your Master , Mr. Leo Imamura?

Fabio Gomes: I confess I do not remember exactly how was the first meeting, but I remember the impression I got during the first contacts with him. Every moment of conviviality, either the distance or in person, could gradually make me realize the potential of the master-disciple relationship.

In my opinion, the energy of his presence goes beyond the individual, "Leo Imamura," because he is imbued with the ancestors of the Ving Tsun system, making every moment really significant.

The Ving Tsun does not manifest itself, it needs a person to make this interface, it makes the respect and admiration I feel for my Master become ever stronger, because all this is only possible through his constant dedication to the system.

(Foto de Mestre Fabio Gomes com o responsável por grande parte de sua jornada diretamente: Mestre Julio Camacho. Nos termos do Kung Fu, por ser o "irmão-kung fu mais novo" de seu 
Si hing Julio Camacho , aqueles que são To Dai("alunos") de Si Fu Julio Camacho o chamarão de Si Sok Fabio Gomes)

(With his Si Hing Julio Camacho. As a young kung fu brother of Si Fu Julio Camacho, every member of Si fu Julio´s Family will call him Si Sok)

BLOG DO PEREIRA: Seu Si Hing Julio Camacho  foi o responsável por grande parte de sua prática no Ving Tsun. Como você vê sua relação com ele?

FABIO GOMES: Sou e sempre serei muito grato ao meu Si Hing Julio Camacho por ele ter me dado grande parte da estrutura para o estudo do Ving Tsun, principalmente em momentos difíceis, quando ficava afastado do Mo Gun. Lembro que ele dizia: “Fabio Gomes acredite no Ving Tsun”. O Julio é um grande Irmão Kung Fu.

PEARTREE'S BLOG: Your Si Hing Julio Camacho was responsible for much of your practice in Ving Tsun. How do you see your relationship with him?

Fabio Gomes: I am and always will be grateful to my Si Hing Julio Camacho because he has given me much of the framework for the study of the Ving Tsun, especially in difficult moments, when I was away from the  Mo Gun. I remember he said: "Fabio Gomes believes in Ving Tsun." Julio is a great Kung Fu Brother.

O jovem Si Sok Fabio Gomes pratica no antigo Mo Gun da Estrada do Tindiba,no bairro de Jacarepaguá.
The young Si Sok Fabio practices at the old Mo Gun in west zone of Rio de Janeiro,leaded by Si Fu Julio Camacho


BLOG DO PEREIRA: Como era esse primeiro período do Ving Tsun no Rio de Janeiro?

FABIO GOMES:Como tinha me identificado com o Ving Tsun desde o primeiro contato, conviver com pessoas que já estavam imersas neste universo do Kung Fu a bastante tempo me ajudava a valorizar cada momento. Seja durante o estudo prático ou em outros momentos como em um almoço(foto), por exemplo, consolidavam cada vez mais a escolha que tinha feito.   

PEARTREE'S BLOG: How was that first period of the Ving Tsun in Rio de Janeiro?

Fabio Gomes: Since I had identified myself with the Ving Tsun from the first contact, live with people who were already immersed in this world of Kung Fu for some time helped me to appreciate every moment. Be  during the practical study or at other times like a lunch (photo), for example, increasingly consolidate the choice I had made.

(Si Sok Fabio Gomes pratica com o Gwaan junto de sua irmã Kung Fu mais nova, 
Si Sok Ursula Lima,hoje responsável pelo Núcleo Copacabana) 
(Practicing the Gwaan with his Kung Fu younger sister, Ursula Lima, who now runs the Copacabana MYVT branch)

(Si Sok Fabio pratica na antiga sede mundial da MYVT  em Nova York) 
(Practicing at New York old headquarters)

BLOG DO PEREIRA:  Você consegue lembrar algum momento marcante durante sua jornada dentro desta arte? 

FABIO GOMES: Momentos marcantes são o que não faltam. Porém, uma coisa em comum com todos eles, que por sinal ainda acontecem, é o fato de poderem ser percebidos por pessoas que estão a minha volta, que convivem comigo, uma vez que estas situações me ajudam a estender para a conduta conceitos estudados no Ving Tsun. Sendo assim, considero mais marcante o efeito que estes momentos proporcionam.


PEARTREE'S BLOG: Can you remember some remarkable moment during your journey into the art?

  Fabio Gomes: striking moments are not lacking. But one thing in common with them all, by the way still happen, is that they can be perceived by people who are around me, living with me, since these situations help me to extend the concepts studied in Ving Tsun to my daily conduct. Therefore, I consider  that these moments provides the most striking effect.

BLOG DO PEREIRA: O que mais lhe chamava a atenção no Ving Tsun?

FABIO GOMES:Sua maneira de lidar com o combate, isso sempre me chamou a atenção.
Considero uma forma inteligente de estudar estrategicamente o chamado bom combate, que é bem diferente da “luta” onde tende a prevalecer o mais forte.

PEARTREE'S BLOG: What most caught your attention in the Ving Tsun?

Fabio Gomes:
Its way of dealing with the fight, it always caught my attention.
Consider a strategically intelligent way to study the so-called good fight, which is quite different from the "struggle" which tends to prevail  the strongest.


Sérgio Vieira de Mello  1948 —2003) foi um brasileiro funcionário da  ONU por 34 anos e Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos desde 2002. Morreu em Bagdá, juntamente com outras 21 pessoas, vítima de atentado atribuído à Al Qaeda contra a sede local da ONU.

Sergio Vieira de Mello (1948 -2003) was a Brazilian UN official for 34 years and the UN High Commissioner for Human Rights since 2002. He died in Baghdad, along with 21 others, a victim of an attack attributed to Al Qaeda against the local headquarters of the UN.
Com a ajuda de seu Si Hing, Si Sok Fabio Gomes teve a oportunidade de apresentar o trabalho do 
do Ving Tsun voltado a Forças de Operações Especiais a este ilustre brasileiro.

With the support of his Si Hing Julio, Si Sok Fabio Gomes demonstrates Ving Tsun for Special Forces Operations to Sergio Vieira de Melo himself.
Anos mais tarde, o Clã Moy Yat durante visita a China recebeu esta placa do governo chinês simbolizando sua condição de Patrimonio Cultural Intagivel pela Unesco. Quando Si Gung Leo Imamura recebeu esta placa, seu Clã no Brasil tornou-se responsável pela salvaguarda deste patrimônio cultura.

Years later, Moy Yat clan during a visit to China received this plaque from the Chinese government symbolizing its status as a UNESCO Intangible Cultural Heritage. When Si Gung Leo Imamura received this plaque, his clan in Brazil became responsible for safeguarding this heritage culture too.
Com Si Sok Fabio Gomes ao seu lado, Si Gung entregou ao Comandante do CCOPAB(Coronel Pedro Aurélio de Pessôa) a sua placa. Este Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB)prepara militares e civis do Brasil e de nações aliadas para serem enviados em Operações de Paz pela ONU.

With Si Sok Fabio Gomes, Si Gung let his plaque with the Comander of the Center of Peace Operations of Brazil, Colonel Pedro Aurelio de Pessoa, where military and civilians from Brazil and ally nations are prepared to be send to ONu peace operations.

Observe que agora, o Sr Sergio Vieira de Melo é homenageado em pintura ao fundo.
In the background, now Sergio Vieira de Melo is remembered as a beautiful painting on the wall.

 Si Sok Fabio Gomes trabalhando com o Ving Tsun no CCOPAB.
Si Sok Fabio works with Ving Tsun at the Center of Peace Operations of Brazil
Si Sok Fabio observa o batalhão em forma também no CCOPAB.
Si Sok Fabio observes the soldiers at the Center of Peace Operations of Brazil

BLOG DO PEREIRA:Como surgiu o trabalho com as forças de operações especiais?

FABIO GOMES:Sempre tive uma admiração pelo trabalho desempenhado por estas unidades de elite.

No ano de 1999 o 1° Batalhão de Forças Especiais do Exército Brasileiro (unidade militar composta por Combatentes Comandos e Operadores de Forças Especiais) ainda era localizado no Camboatá, na cidade do Rio de Janeiro, região próxima a minha residência.

Na época, passando de carro em frente a esta unidade militar, me passou pela cabeça a seguinte pergunta: “Por que não tentar desenvolver um trabalho com o Ving Tsun na área de segurança, a começar pelo 1° Batalhão de Forças Especiais?”

PEARTREE'S BLOG: How did you start with special operation forces ?

Fabio Gomes: I always had an admiration for the work performed by these elite units.In 1999 the 1st Battalion of the Brazilian Army Special Forces (military unit comprised of Combatant Commands and Operators Special Forces) was still located in Camboatá in the city of Rio de Janeiro, the region near my residence.

At the time, in the car in front of this military unit crossed my mind the following question: "Why not try to develop a work with the Ving Tsun in the area of ​​security, starting with the 1st Battalion Special Forces?"

Si Sok Fabio com o BOPE do Rio Grande do Norte.
Si Sok Fabio and the BOPE from another state of Brazil: Rio Grande do Norte

(continuação)...Foi quando perguntei ao meu Mestre sobre esta possibilidade e ele me concedeu sua permissão com a condição de ser acompanhado inicialmente por meu Si Hing Nataniel Rosa(foto ao lado).

Sendo assim, fui pedir permissão ao então Comandante do 1° Batalhão de Forças Especiais, Coronel Barroso Magno, para realizar uma demonstração do Ving Tsun. Após a autorização, junto comigo estiveram presentes Mestre Leo Imamura, Si Hing Nataniel Rosa e Si Hing Julio Camacho, hoje assim como eu Mestres de Ving Tsun, para realizar a demonstração. Ao terminarmos foram agendadas as datas para o início dos trabalhos...

(continued) ... It was when I asked my Si Fu Leo Imamura, about this possibility and he gave his permission with the condition to be monitored initially by my Si Hing Nathaniel Rosa (first from right in the photo).

Therefore, I ask permission to the then Commander of the 1st Special Forces Battalion, Colonel Magno Barroso, to conduct a demonstration of Ving Tsun. After authorization, were present with my Si fu Leo Imamura,  Si Hing Hing Nathaniel Rosa and Si Hing Julio Camacho today as I ,Ving Tsun Masters, to perform the demonstration. When we finished the dates have been scheduled to start work ...
(Trabalho no BOPE no inicio dos anos 2000)
(Working with the Rio de Janeiro Elite Squad : BOPE, in the beggining of the 00's)

FIM DA PARTE 1.
FINAL OF THE PART 1.

Aguarde na próxima Sexta a PARTE 2 desta entrevista!

SEE YOU NEXT FRIDAY! DONT MISS THE PART 2!

1 comment:

  1. Si Hing parabéns pela Entrevista, aguardo a segunda parte.

    []s

    vinicius

    ReplyDelete