ONDE PRATICAR

ONDE PRATICAR
Clique na imagem e conheça os Nucleos da Moy Yat Ving Tsun no Rio

Sunday, April 4, 2010

VING TSUN EM UM PARAISO! (VING TSUN IN A BRAZILIAN PARADISE!)

Quando a maioria dos praticantes comuns de artes marciais pensam em artes marciais, geralmente pensam tambem em sua perfomance em combates,lutas ou campeonatos. Principalmente com programas televisivos como o UFC, esta discussao esta sempre a tona.

Porem, quando encaramos as artes marciais apenas como esportes de contato ou como defesa pessoal,em que se tem que se gostar de luta, estamos no mesmo momento tornando obsoletas artes como o Kendo.

Digo isso, porque existem pessoas como Katia Dantas, ToDai de Mestre Julio Camacho, que talvez nao estejam tao interessadas no ultimo campeao do UFC, ou que nao transite em locais ou situacoes que a exponham ao risco de ser agredida fisicamente, mas que de alguma forma, ela encontrou no Ving Tsun, ou seja, na pratica de uma arte marcial, um sentido que nao esta diretamente ligado a luta fisica...

While great part of the ordinary practitioners of martial arts when are thinking about martial arts, also often thinks of its performance in combat, or fighting championships. Especially with TV programs such as the UFC, this discussion is always happening.

However, when we look at the martial arts only as contact sports or as self defense, which a person has to like to fight before practice, we are at the same time becoming obsolete arts such as Kendo.

I say this because there are people like Katia Dantas(12G VT),To Dai of Master Julio Camacho(11G VT), who perhaps are not so interested in the ultimate champion of the UFC, or that do not transit in places or situations that put her at risk of being physically assaulted, but that some way, she found in Ving Tsun, or in practice of a martial art, a sense that is not directly connected to fight physically ...
Leia um pouco do relato de Katia Dantas, sobre como o Ving Tsun esteve presente durante sua magica viagem a Fernando de Noronha pelo seu aniversario de 50 anos...

Read a repport of Katia Dantas(12G VT) about how Ving Tsun was present during her magical trip in Fernando de Noronha. A magical place of Brazil...

De Katia Dantas para o Blog do Pereira:

Para mim estar na água é muito agradavel, fico muito tranqüila e confortável neste elemento. Fernando de Noronha tem belas paisagens terrestres, mas o que me encanta é mesmo o fundo do mar.
Mergulho direitinho e meu consumo de ar debaixo d"água sempre foi bom, mas ficou muito melhor depois que conheci o Ving Tsun.

Estou conseguindo fazer o menor ajuste na respiração! Fiquei muito feliz com isto!Fico 50 minutos debaixo d'água e ainda subo com meio tanque ( cilindro de oxigênio).Isto significa principalmente mais segurança no mergulho.
Aproveitei também para me estudar num cenário diferente ( totalmente novo para mim) e foi muito proveitoso.Aprendi muito sobre mim.E descobri que não consigo mais pensar sem os parâmetros do Ving Tsun.
Enquanto eu checava o cilindro e o equipamento eu pensava: prepare o movimento.Descendo a cada 5 metros e checando o profundímetro: monitore o movimento.Fazendo pausa para descompressão a 5 m de profundidade após mergulho profundo: finalize o movimento.É fato que está no sangue, o cérebro já está sendo alimentado com doses de ving tsun!
um abraço

Kátia Dantas

From Katia Dantas to the Peartree's Blog:

For me being in the water is very pleasant, I am very calm and comfortable in this element. Fernando de Noronha has beautiful scenery inland, but what fascinates me is that the seabed.Diving straight and my air consumption underwater "Water has always been good, but got much better after I met the Ving Tsun.Im getting to the lowest setting on the breath! I was very happy with This.I stay 50 minutes underwater and still climb with half a tank (oxygen cylinder). This mainly means more safety in diving.I took me also to study in a different scenario (totally new to me) and was very much about Me proveitoso.Aprendi discovered that I can not think without the parameters of Ving Tsun.

while I checked the cylinder and the equipment I thought, prepare the movement.Going down in the sea every 5 meters and checking the depth gauge: Staying alert on the movement.Doing pauses for decompression at 5 m depth after deep diving: Finish the movement.
the fact is that Ving Tsun is already in the blood, the brain is being fed with doses of ving tsun!

a hug by
Katia Dantas(12G VT)

Fernando de Noronha !(Fernando de Noronha-Brazil)

Katia Dantas assim como seu Kai Siu yan Felipe Soares, surge com uma versao aquatica da touquinha de Aimara que o mesmo usou em Moscow!

Katia Dantas(12G Vt) as her Kai Siu Yan Felipe Soares(12G VT) did, appears diving with a sea-version of the Aimara hat. The same used by Felipe Soares in Moscow!


A lendaria touquinha Aimara de Si Sok Felipe!

THe Legendary Aimara hat of Si Sok Felipe(11G VT)

Portanto, gracas ao interessantissimo relato de minha irma Kung Fu Katia Dantas sobre como usou o Ving Tsun para melhorar sua perfomance durante um mergulho,podemos entender atraves de sua experiencia o que nosso Si Fu Julio Camacho sempre diz: 'Ving Tsun eh um meio, e nao um fim.'

So, thanks to the interesting story of my Kung Fu sister Katia Dantas(12G VT) about how she used the Ving Tsun to improve her performance during a dive, we can understand through her experience something that the Si Fu Julio Camacho(11G VT) always says: 'Ving Tsun is a path, not an end. "

Thiago Pereira 'Moy Fat Lei' 12G VT

moyfatlei.myvt@gmail.com



No comments:

Post a Comment