sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

ENCERRAMENTO DO ANO UNIDADE MÉIER

Na última sexta-feira, dia 19/12/2008, ocorreu uma singela confraternização entre os praticantes da Unidade Méier da MYVT-RJ. Ela aconteceu devido aos praticantes mais novos(em idade mesmo) não poderem estar no encerramento oficial que aconteceria no Domingo(21/12) após a XXV Cerimônia Tradicional da Família Moy Jo Lei Ou.
A idéia era convocar praticantes e ex-praticantes da Unidade Méier, como o primeiro membro da Família Kung Fu admitido no Méier, Gustavo Santos, e o primeiro Siu Ye , Thiago Thiers.
Infelizmente, por motivos pessoais, de trabalho, ou de disponibilidade mesmo devido ao horário no meio da tarde não puderam ir,e contamos com as presenças não menos especiais de:

Guilherme Farias : Praticante da Unidade que atualmente treina o Cham Kiu, e participa das sessões do Siu Ye Kuen ao meu lado.
Lucas Eustáquio: Praticante que no Domingo(21/12) participaria da Cerimônia.
Raphael Evaristo : Mesma condição do Lucas.
Rodrigo Evaristo: Praticante do Siu Ye Kuen.
Além da presença do meu querido amigo Rodrigo Moreira, praticante do estilo Pak Ton Long Phai , sempre prestigia os eventos no Méier.
Neste dia em particular cheguei bem cedo mesmo. E sentado na sala que usamos para treino, fiz uma pequena retrospectiva comigo mesmo, desse ano que passou. Desde quando a Sisok descobriu que estava grávida e fiquei responsável pelos treinos.Lembrei também das aulas abertas com crianças, do primeiro Siu Ye de apenas 7 anos, do Siu Nim Do e ingresso na Família da Carla Bastos, das primeiras sessões de Cham Kiu do Guilherme e Mury. Dos treinos livres com o Gustavo, das sessões de Siu Nim Tau com a Priscila. Dos treinos com: Lucas Eustáquio,Rapha,Rodrigo,Marcelo,Felipe,Bruno,Lucas Carvalho e Asmi. Das vezes em que praticantes desta turma trazia amigos pra participar. Lembrei das demonstrações, dos pais querendo conhecer, das apresentações individualizadas, das dúvidas, dos momentos bons e difíceis... Realmente esta sala esteve comigo durante todo o ano.
Tive a oportunidade de preparar nossa simbólica despedida de 2008 sozinho, o que pra mim foi muito bom, já que foi mais um momento onde pude entrar mais uma vez em contato com o local.
A sala ainda sendo ocupada para aquela Sexta.
Tudo muito poético, mas não custava nada aparecer um "Sidaizinho" pra ajudar a subir as escadas com esse monte de cadeiras né?!
As portas já abertas pra receber a todos.
Tudo no lugar...
E agora sim, o pessoal chegou! De verde claro, é o Guilherme, e de azul, meu amigo Rodrigo que falava algumas palavras. De uniforme, da esquerda pra direita, Rodrigo Evaristo, Lucas Eustáquio e Rapha Evaristo prestam atenção.

A idéia, era que cada um levasse um biscoito, um refrigerante ou salgado para petiscar enquanto conversavamos sobre o ano que passou. Diferente do que sempre fazemos, comecei falando, e por vários minutos recordei junto com todos, o ano de 2008 na Unidade Méier. Depois disso, pedi a cada um que falasse sua própria visão ou experiência, e querendo, que tecesse algum comentário positivo ou ponto a melhorar de algum companheiro de treino.
Rodrigo falando sobre sua visão do Kung Fu e do que achou dos meninos.

Após este bate-papo, como não poderia deixar de ser, tivemos um dos melhores treinamentos do ano. Todos muito empolgados mostraram o seu melhor.
Infelizmente todos estavam participando e não temos fotos deste momento, mas foi um treinamento muito marcante para os presentes, sem dúvidas. Com destaque para a prática do zelo ao final, um dos melhores trabalhos em equipe que presenciei até hoje coordenado por Guilherme.


Aqui vai os parabéns para todos que fizeram parte desta linda história que vem sendo escrita com muita garra e esforço no bairro do Méier.

Feliz 2009!


p.s. - Não esqueçam de deixar seus comentários!

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

NA PHILADELPHIA.


Como sempre acontece, eventos de treinamento precedem os festejos do aniversário de Sitaipo Helen Moy. Ano passado no Brasil, aconteceu o mesmo, e você pode acompanhar o video-clipe em um post já feito aqui no BLOG.
Desde a época dos desafios de Apollo Creed a Rocky Balboa e do Fresh Prince of Bel-Air a Philadelphia não ficava tão animada.Este ano, com o aniversário sediado na Philadelphia, houveram treinamentos,palestras e pequenos seminários no Mogun de Sipakung Pete Pajil. E graças ao envio das fotos por Sipakung Lester Lau, você poderá ter uma palhinha do que ocorreu por lá:
Sipakung Lester estudando o Chi Sao com um praticante.
Discussões sobre Linha Central.
Abertura do seminário de Mestre Leo Imamura por Sipakung Pete Pajil.
Seminário de Sigung Leo Imamura.
Com a ajuda de Sipak Nataniel, uma demonstração prática.
Outra vez.
Os presentes observam a demonstração.
da esquerda para a direita:O anfitrião Sipakung Pete, Sigung Leo Imamura e Sipakung Miguel Hernandez.
Mais treinamento.
Sitaipo Helen Moy acompanhada do Sr. Michael Wong, assopra as velas de seu bolo.
E durante a celebração as dicas continuam!



Espero que tenham gostado e obrigado mais uma vez ao Sipakung Lester por enviar as fotos!

VISITA AO TÚMULO DE GRÃO-MESTRE MOY YAT

Os principais discípulos do clã Moy Yat como todo ano, a fim de prestar homenagens a memória do mestre, visitam seu túmulo.
Na foto observamos de pé com um sobretudo e incenso nas mãos, Sipak Nataniel, Mestre responsável pelo Núcleo Brasília.

Mais uma vez a foto foi uma contribuição de Sipakung Lester Lau.

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

aniversário SITAIPO HELEN MOY

Olá pessoal,

Enquanto celebravamos o aniversário de Sifu Julio Camacho no último Sábado, na Philadelphia(E.U.A.), Mestre Pete Pajil recebeu Sitaipo Helen Moy e vários de seus irmãos kung fu , entre eles Mestre Leo Imamura, para comemorar mais um ano de vida da matriarca do Clã Moy Yat.

Graças a um breve review e fotos enviadas pelo Mestre Lester Lau,que também esteve presente, faço este post para quem ainda não viu...

O aniversário aconteceu no Hotel Sheraton, e contou inclusive com um show da banda Jackson(espero que não seja os "four" que sobraram sem o Michael, eu queria ter visto!) O Público era formado por diversas gerações do Clã Moy Yat, tivemos pequenas palestras de Mestre Lester Lau ("Diálogos com Ving Tsun") e de Mestre Leo Imamura ("Dim Sum") antes do jantar. Cinco mestres da Moy Yat ving Tsun receberam os prêmios "You are Ving Tsun" pelas suas contínuas contribuições para a Família kung Fu.Estes mestres foram: Sifu William Moy, Sifu Moy29, Sifu Miguel Hernandez, Sifu Anthony Moy Tung e Sifu Pete Pajil.


(baseado nas palavras de Mestre Lester Lau).
Visão de uma das mesas, e ao fundo a Banda Jackson! (Ufa! Não eram os "Jackson Four"!)
Mestres da Moy Yat Ving Tsun recebem a premiação "You are Ving Tsun" oferecida pelo Clã.
Foto de Sitaipo Helen Moy com alguns de seus principais discípulos. Na extremidade esquerda observamos Mestre Leo Imamura, e o penúltimo a direita, é o anfitrião, Mestre Pete Pajil.

(fotos: Mestre Lester Lau)


Até a próxima!
Thiago Pereira

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Aniversário do Sifu 2008

Olá a todos!!

Neste último Sábado foi celebrado o aniversário de Mestre Julio Camacho num restaurante do próprio bairro da Barra da Tijuca.
Como sempre o anivesário do Sifu que é a data mais importante da Família Kung Fum reuniu vários praticantes e ex-praticantes, além de parentes e amigos.
Quando estiver com as fotos entrarei em maiores detalhes, por hora, fiquem com o vídeo de homenagem, que a Família Moy Jo Lei Ou, liderada pelo Sifu Julio Camacho fez para ele de presente. Obviamente como não poderia deixar de ser , para dar mais emoção, não foi fácil colocar este vídeo para funcionar no equipamento que sempre usamos e que naquele dia arranjou um jeito de não querer ligar!rs.. Cabos foram esquecidos, voltagens de 220 v para aparelhos de 110.. tudo aconteceu!rs
Este vídeo não poderia ter sido exibido sem a ajuda de algumas pessoas:
-Simo
-Sisok Ursula
-Sisok Felipe Seabra
-Sisok Felipe Soares
-Paula Gama
-Carlos Antunes
-Thiago Silva
-Cláudio Pamplona

Mas gostaria de agradecer especialmente ao meu grande amigo Bruno "Leroy" Vargas, que é técnico de som, e ajudou na criação de uma base exclusiva para este vídeo, mas que por motivos de logistica não foi usada, e ainda ajudou na pós-produção do audio correndo para dar tempo!
Bruno é um grande admirador de Ving Tsun e fica aqui o convite para visitar o Mogun um dia!

Fiquem agora com o vídeo e ainda esta semana as fotos!!

video

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Siu Ye Kuen visitando o Mogun(O Video)/SIU YE KUEN VISITS THE MOGUN (THE VIDEO!)

Olá a todos,

Após um longo período sem postagens por aqui, retorno com o prometido video-clip da visita dos meninos do Méier ao Mogun pela primeira vez.
Este video contém fotos inéditas deste evento e foi feito com muito carinho para ficar de recordação, espero que vocês curtam!


Hello Everyone from Moy Yat Clan around the Globe!

This is the video wich I´ve promised to post about the young ones from Meier visiting the Mogun for the first time.
I´ve made that with new pictures and I hope you like it!

Um grande abraço!
See you!

Thiago Pereira,Moy Fat Lei





video

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

AULAS DE CHINÊS(MANDARIM) NO MOGUN

(CÓPIA DO REGISTRO DA GENEALOGIA DO VING TSUN FEITO POR SITAIGUNG MOY YAT - Rio de Janeiro .)

Há alguns anos, numa turma formada por mim, pela Paula Gama(Moy Gam Ma) e Xenia D'avila(Moy Sing Yat) e acompanhada pelo próprio Sifu, estudamos mandarim em caráter privativo com a querida professora Lily (Ou Yee Fen).

Algum tempo depois, graças a indicação de uma amiga, e da autorização por escrito da própria professora Lily, e ainda contando com a orientação do Sifu, dei algumas aulas experimentais de Mandarim numa rede de escola de idiomas. Porém, na época devido a fatores estruturais do local e pela minha própria falta de tempo, não continuei lá.

Ainda assim, Sifu insistiu para que eu começasse com aulas privativas no próprio Nucleo Rio de Janeiro, e durante o ano de 2007, chegamos a ter 12 pessoas(apenas praticantes) em turmas divididas pela semana.

Este ano, as aulas voltaram com uma nova proposta...


Ao contrário do inglês e outros idiomas ocidentais muito procurados , o mandarim deve ser encarado de uma forma diferenciada, pois é praticamente impossível, desvencilhar a escrita chinesa de sua cultura de forma geral. A lógica chinesa , baseada no pensamento clássico daquele país, está muito presente na interpretação dos ideogramas, seus radicais e na estruturação de frases.

Um exemplo muito usado nas aulas, é este acima: O primeiro ideograma à esquerda, significa "cereal", o segundo, significa "Boca", e quando você une os dois, "cereal perto da boca", você tem "harmonia"(Muito comum em adesivos de carros né?rs) , Mas enfim, segundo a lógica chinesa, o cereal corresponderia ao arroz, o alimento mais consumido na China, e se "existe arroz(alimento) perto da boca", está tudo bem, está tudo em "harmonia".
Assim, quando quero formar a simples frase por exemplo: "eu e você", eu poderia dizer: "Wo he Ni" (ou seja, "eu em harmonia com você" , "eu com você", "eu e você" , etc...)
Apostila usada nas aulas.


Mais do que sentar na cadeira ,apoiar uma apostila na mesa e ouvir o professor, por estarmos em um ambiente favorável como o Núcleo Rio de Janeiro, é possível estudar de forma mais relaxada contemplando outros aspectos:

São cerca de 50.000 ideogramas atualmente, sendo que quando você saí da Universidade mesmo sendo um chinês nativo, você será capaz de ler quem sabe, uns 8.000 ideogramas. Dessa forma, você seria capaz de ler o jornal, mas um livro clássico talvez não. Desta perspectiva, imaginar uma aula no estilo da aula de inglês, seria quase impossível chegar perto destes números. Por isso, apesar de seguir um planejamento, as aulas de chinês não são lineares. Ou seja, se por acaso, surge o ideograma primavera num determinado estudo, já seria possível falar das outras 3 estações do ano e seus respectivos ideogramas. Assim, a aula flui de acordo com o momento, permitindo maior dinamismo e interação:

Lembram-se do ideograma cereal citado acima e que nesta nova imagem encontra-se a esquerda?
Quando juntamos ele a este ideograma que é o do "fogo", teriamos algo como "folhas queimadas" , "queimada de folhas", "folhas sob calor", etc.. Humm.. você está pensando: "Deve significar queimada, tipo Amazônia!" , não é? Humm.. não!rs
Já notou que no Outono as folhas das árvores ficam amareladas ? Pois bem, "Cereal + Fogo" significa "Outono". "Folha amarelada pelo calor".

Estranho? Engraçado? Você decide, mas garanto que você nunca mais esquecerá deste ideograma!
Esta é a foto de Grão-Mestre Moy Yat e sua esposa, Sitaipo helen Moy em sua última visita juntos ao Brasil. Na imagem em destaque, observamos dois ideogramas. São eles: "Método"(primeiro de cima pra baixo) e "coração".
Esta é a grande premissa de nossa linhagem de Ving Tsun, o "método do coração", também interpretado como "kung fu life" ou "Vida kung fu". Que diz respeito a você aprender apenas estando junto.
Sitaigung Moy Yat usava um exemplo onde perguntava:
"Se você é uma pessoa que treinou e só quis saber de técnicas,técnicas e técnicas, e em 10 anos se tornou Sifu(Mestre), aí você tem um aluno que treina com você por 20 anos. O que você vai ensinar pra ele nos 10 anos a mais que ele ficou?"

Ou seja, no Kung Fu, na relação Mestre-Discipulo, do Antigo pro mais novo, o aprendizado sobrepuja as técnicas, ideogramas etc.. Através do convivio, o aluno e o professor aprendem juntos.


Por isso no aprendizado do chinês, o professor não é aquele que fica lá na frente e "finge saber tudo" e você "finge acreditar", ele tem dúvidas também. Afinal, mais uma vez citando o idioma inglês, quando pensamos no básico, lembramos do Verbo To be, mas e no mandarim? O que é o básico?


Assim, em mandarim, você pode tratar o professor como:

"LaoShi" - Onde "Lao" quer dizer "velho" e "shi" , pode ser traduzido como "Modelo" ou "exemplo". Assim, a pessoa que está passando a matéria pra você, ou simplesmente coordenando os estudos que você faz, é apenas alguém que começou antes que você naquele caminho, e não o "senhor da verdade e das respostas certas" como vemos no Ocidente.


Outra peculiaridade do idioma, é que ele possui 5 tons de pronuncia. Assim, "shi" por exemplo no primeiro tom, quer dizer por exemplo: "modelo", "exemplo", etc.. no segundo tom,se refere ao número 10, e no quarto tom por exemplo, refere-se ao verbo "ser".

Através dos tons a fala do mandarim se torna uma música.

Enfim...

As aulas estão abertas a qualquer pessoa, não precisa ser praticante de Ving Tsun ou outra arte marcial.

Elas compreendem o chinês(mandarim) básico com duração de 2 anos. Onde serão apreciados, aspectos culturais, pinyin, ideogramas, aulas de etiqueta clássica chinesa e óbviamente conversação e escrita.

As aulas acontecem no Núcleo Rio de Janeiro da Moy Yat Ving Tsun, situado à Avenida das Américas, 2.300. Bloco B. Salas 129 e 130.

Os horários podem ser montados pelos interessados (dependendo da disponibilidade de ambas as partes).

Você pode agendar uma visita pelo telefone: (21) 3150-5148

As aulas se dão em determinado ambiente do Núcleo, variando de acordo com o número de participantes, e da proposta do dia.
Os computadores são usados de forma a propiciar uma melhor apreciação da pronuncia de cada tom.
Carlos Antunes nas aulas de sábado prefere sentar no sofá e apoiar-se no banco, mesmo com a coluna torta se está bom pra ele tudo bem..rs
Sisok Homero prefere esta mesa quando estudamos nesta sala.


Um grande abraço
Thiago Pereira

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

ANIVERSÁRIO SITAIPO HELEN MOY(2007)

PESSOAL,

Trago mais um video-clipe caseiro com imagens do final de semana quando ocorreu o Aniversário de Sitaipo Helen Moy(viúva de Grão-Mestre Moy Yat) e a entrega do Biu Je Certification.

O aniversário de Sitaipo ocorreu no Brasil, em Atibaia, interior de São Paulo(pela primeira vez fora dos E.U.A.).

O evento contou também com a presença da comitiva internacional com Mestre Lester Lau,Mestre Pete Pajil, além de outros mestres e muitos alunos.

ESPERO QUE GOSTEM!


video

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Bruce Leroy : O Remake!

Essa semana saiu a noticia de que Samuel L. Jackson participará do remake do filme de Leroy Green nos cinemas! Não lembrou quem é? Bruce Leroy!! "Quem é o mestre?" , lembrou??







Bom, tudo bem, o filme é antigo mesmo, eu vou dar uma ajuda:



Sessão Nostalgia:

O Ultimo Dragão

Se você tem mais de 20 anos, é brasileiro e a TV Globo pegava na sua casa há uns 15 anos atrás você é um cara de sorte, porque você curtiu uma das maiores e mais bizarras produções cinematográficas da década de 80. Estou falando nada menos do que de : The Last Dragon(ou O Ultimo Dragão), que é a saga de Bruce Leroy!

Já era de lei nos idos de 1992 , 1993, todo santo Sábado passava O Ultimo Dragão na "Sessão de Sábado" na TV GLOBO e quem não se lembra da célebre frase: "Quem é o mestre?"



Bom, vamos falar logo do que se trata essa pérola e parar de enrolação!

Essa sem dúvidas é uma das películas com mais erros culturais,conceituais e tudo o mais que você quiser por frame!

Como muita gente sabe, a população afro-americana nos EUA, é muito ligada a filmes chineses até hoje, pois estes filmes, principalmente após o "BOOM" de Bruce Lee no ocidente, passavam muito em cinemas de localidades como Brooklyn, Harlem e adjacências. Paralelo a isso, uma empresa chamada MOWNTOWN RECORDS, muito famosa por ter sido a gravadora de vários astros da musica negra americana nos anos 60,70 e 80 como The Supremes,Jackson Five,The Temptations etc... E observando este curioso fato antropológico nos cinemas próximos aos guetos os executivos da empresa resolveram ganhar uma grana com isso. Então eles lançaram a MOWNTOWN PICTURES e lançaram The Last Dragon. Um filme pro público afro-descendente, com um herói afro-descendente e kung fu! Sucesso garantido né? er....bem...

A trilha sonora contava com nomes consagrados como o cara que canta mandando um groovie com a cabeça, Sr. Stevie Wonder, mas com um roteiro insano parecendo ter sido escrito por uma criança do primário, o filme acabou se tornando apenas uma espécie de comédia.

O filme conta a história de Leroy Green, fanático daqueles chatos sabe? Pelo Bruce Lee, e treina com um mestre japones, em sua casa japonesa, a arte do Kung Fu.(!!!) Ok....
O Mestre de Leroy até flechas atira nele!(alguém lembrou de Kiyu-Do??) , mas com movimentos quase de um felino e cambalhotas a lá Didi Mocó nos bons tempos, Leroy ganha de seu mestre um medalhão que havia sido de Bruce Lee e agora ele passaria para ele.( Quê???)

Nada impede uma pessoa de outra nacionalidade ensinar kung fu ou qualquer outra arte marcial. Mas por alguma razão esse senhor tão japones dando um medalhão do Bruce Lee que foi passado de geração em geração, isso soa estranho...




Leroy promete cuidar do artefato, e sai da casa do japones, trajando um Ton Jong(roupa tradicional) ,sapatilhas e esse chapéu de Chico Bento versão asiatica pelo meio da rua(!!) , ele acab indo pro cinema, assistir Operação Dragão(Enter the Dragon,1973) e come pipoca com palitinhos!


O cinema é habitado pelos tipos mais estranhos possíveis, a impressão que dá, é que é mais um inicio de algum clipe do Michael Jackson da fase Thriller, e a qualquer momento ele vai adentrar a sala e todos vão dançar em sincronia perfeita!



Na cena do cinema, os estereótipos não cessam! Aqui por exemplo, a fim de passar a impressão que o cinema é frequentado por uma galera barra pesada, o figurinista veste três atores como se fossem figurantes do clipe "BEAT IT" de Michael Jackson!


Bom, estão todos lá gritando e comendo pipocas enquanto Lee acerta O'Hara na tela, quando ele chega... Um dos maiores e mais enigmaticos vilões da década! Sim! Sho'Nuff! O "Xogum Do Harlem", e quando seus capangas formam um corredor pra ele passar, o cinema para para ouvi-lo perguntar bem alto: "QUEM É O MESTRE?"

A fala completa:

"Am I the meanest?"
"Am I the prettiest?"
"Am I the baddest Mo'fo lowdown around this town?"
"Well.. Who am I?"
"I can´t hear you!"

Para cada pergunta seus capangas gritavam em unissono: "SHO'NUFF!"

demais!

OLha o Sho'Nuff como está agora! Parece até que rejuvenesceu!Mas não é só isso.. este estilo de cabelo pro lado, jaquetinha e tal.. me lembra...

Sim! me lembra a velha dupla "Milli & Vanilli" dos anos 90! O Sho'Nuff ta parecendo o Vanilli (direita) !


O filme vai seguindo então por bizarrices e mais bizarrices:
A menina que Leroy gosta é raptada por um empresário mal caráter e só resta a Leroy se vestir de Ninja(Sim!Ele faz isso!) e ir atrás dela!


O par de Leroy é a cantora pouco conhecida Vanity, da mesma Mowtown Records. Ela surge no filme cantando em sua boate, e pasmem! Lá está o irmãozinho de Leroy, Richie Green (Leo O'Brien) , uma criança batendo palmas pra ela! Tipo.. é uma criança.. e com "chapéu Panamá" em uma boate!! Quem escreveu isso?

Um dos destaques do filme é o irmão de Leroy, Richie Green(meio), com tiradas e um estilo sensacionais!

Numa parte do filme, descobrimos que Bruce Leroy se veste como o personagem de Bruce Lee em "No Jogo da Morte"(Game of The Death) Bily Lo pra dar aulas de Kung Fu. E se é Kung Fu por que eles estão em "Seiza"?(posição tradicional em artes japonesas)


...... hum.... tá bom né?

lha quem aparece no filme!(canto direito) : Ernie Reyes Jr!! Não lembrou? O pequeno principe Tarn do filme "Guerreiros de Fogo" com o Governator Shwarza! Ainda não lembrou! Bom então você vai lembrar do seriado dominical da Globo "O Pequeno Mestre"(foto esquerda).

Ernie começou bem, mas depois ele começou a atuar como uma espécie de "Corujito"(She-ra) em seus filmes. Você vê o filme e só depois numa reportagem você descobre: "Caraca! Era o garotinho do Pequeno Mestre?Ele estava lá??" . Foi assim comigo em : Tartarugas Ninja 2(Ele era o garoto da Pizza), A Hora do Rush 2(Ele corria de Jackie e Chris Tucker numa cena) e mais recentemente em Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal (ele era uma das estranhas pessoas que atacavam Indiana e seu filho nas ruinas do Peru).

Assim um dos meus novos passatempos é tentar achar o Ernie Reyes Jr nos filmes!

No final do filme, obviamente tivemos o duelo entre Leroy e Sho'Nuff, e usando o poder do medalhão de Bruce Lee(ok.. tudo bem..) Leroy desperta o "Glow" !! (seja lá o que isso for!) .O que parece na verdade é que o Glow deixa Leroy assim como um carro tunado, com neon em volta de seu corpo!





Bom pessoal, acho que Samuel L Jackson vai ter que suar a camisa pra fazer esse filme funcionar!

Mas ele diz estar animado!



até a próxima!